Mulher compra touca na internet e recebe veneno ilegal de escorpião

Redação - O Estado de S.Paulo

Encomenda vinda da Ucrânia foi um pouco diferente da que ela esperava e viralizou no Twitter

Touca que estava no anúncio e produto recebido.

Touca que estava no anúncio e produto recebido. Foto: Instagram / @meaganmday

Uma jornalista americana chamada Meagan Day passou por uma experiência inusitada e compartilhou a história em seu Twitter. Ela encomendou uma touca para usar em saunas pela internet, e, após um mês, recebeu seu pedido. Ou quase.

Quando ela abriu a embalagem, deparou-se com nada menos que um remédio cubano contrabandeado que prometia ajudar na luta contra o câncer, feito à base de veneno de escorpiões azuis.

"Cara, eu tenho uma história pra você. Tentei encomendar algumas toucas de sauna que escrito: "oligarca" [em russo] neles com um vendedor da Amazon chamado RussianBear, para mim e meus amigos que gostam de sauna, como se fosse uma piada (apesar de eu realmente querer uma touca)", escreveu em seu Twitter.

"Um mês depois eu recebi um pacote vindo da Ucrânia contendo uma droga para câncer cubana contrabandeada feita de veneno de escorpião azul. É isso. Essa é minha história. Eu só queria suar com estilo, e agora sou portadora de um veneno ilegal", brincou.

Meagan ainda elaborou uma teoria sobre o caso: "Em algum lugar na deep web deve haver instruções para comprar essas toucas oligárquicas na Amazon para receber as drogas ilegais de escorpião. O vendedor intencionalmente escolhe um nicho de produtos bizarro que ninguém jamais encomendaria normalmente, ou por engano. Exceto eu, é claro".

Um internauta ainda brincou com a situação: "Isso significa que alguém encomendou o remédio e recebeu uma touca".

Confira as encomendas recebidas e a sequência de postagens abaixo:

 

VEJA TAMBÉM: Roupas que foram compradas pela internet e eram um - pouco - diferentes do esperado​

[---#{"MM-ESTADAO-CONTEUDO-ESPECIAL":[{"ID":"32318","PROVIDER":"AGILE"}]}#---]