Miss desiste da coroa após organização pedir que ela esconda tatuagens

Redação - O Estado de S.Paulo

Adolescente não tinha os desenhos no corpo quando foi eleita Miss Phelan em uma pequena comunidade ao sul da Califórnia

A adolescente Sierra Leyde abriu mão do título de Miss Phelan por não concordar em ter que esconder suas tatuagens em eventos oficiais usando a coroa. 

A adolescente Sierra Leyde abriu mão do título de Miss Phelan por não concordar em ter que esconder suas tatuagens em eventos oficiais usando a coroa.  Foto: Facebook / Sierra Leyde

A vencedora de um concurso de beleza na cidade de Phelan, uma pequena comunidade ao sul da Califórnia, nos Estados Unidos, abriu mão de sua coroa e de seu título por não concordar em ter que esconder suas tatuagens sempre que estiver representando o cargo em eventos oficiais. 

Eleita em outubro de 2017 como Miss Phelan, a estudante Sierra Leyde, estava ansiosa para começar os trabalhos depois de receber a coroa no concurso no ano passado, quando ainda tinha 17 anos. A jovem, no entanto, não pensou que fazer as tatuagens - flores e um tubarão no braço - no seu 18º aniversário fosse prejudicá-la. 

"Eu fiz mais por mim mesma", disse ela ao programa CBS2 News

O problema é que a Câmara de Comércio de Phelan, que patrocina o concurso, não aprovou a atitude da garota e pediu que ela assinasse um contrato explicitando que piercings não deveriam ser usados em nenhuma aparição pública, e que tatuagens precisavam ser cobertas em todas as ocasiões em que ela usar a faixa de miss e sua coroa. 

Sierra pensou em conversar com a organização sobre o assunto, mas desistiu e abriu mão do título. "Eu não acho que deveria cobrir minhas tatuagens porque elas são normais hoje em dia", declarou. 

Lisa Leyde, mãe de Sierra, disse não entender a decisão, já que o concurso tinha como lema justamente a diversidade da comunidade. "Basear concurso nessa premissa e depois esmagar essa diversidade não faz sentido para mim. Me parece realmente injusto", lamentou. 

Procurada, a Câmara de Comércio de Phelan disse à CBS2 News que não tem nenhum problema com as representantes do concurso Miss Phelan terem tatuagens, desde que elas estejam cobertas durante os eventos oficiais da organização.