Michelle Obama compartilha história sobre suas primeiras memórias de votar

Redação - O Estado de S.Paulo

Ex-primeira dama dos EUA relata, de maneira comovente, como se iniciou no mundo da política

Michelle Obama, ex-primeira dama dos EUA.

Michelle Obama, ex-primeira dama dos EUA. Foto: Manuel Balce Ceneta/AP

Apesar de descartar a intenção de concorrer à presidência dos Estados Unidos, Michelle Obama se mantém politicamente ativa. Nesta quarta, 22, a ex-primeira-dama divulgou um vídeo em que relata as primeiras memórias que teve de um processo eleitoral, quando acompanhava o pai até às urnas. No vídeo, Michelle diz ter certeza de que sua voz foi ouvida em todas as eleições e que isso a ensinou sobre como deve ser uma votação de responsabilidade. "Votar em todas as eleições é a única maneira de ter sua voz ouvida. Não é importante apenas votar para presidente, porque muita coisa acontece em nível local", explica a ex-primeira-dama.

Michelle Obama ajudou a lançar a plataforma When We All Vote para disseminar a importância da participação das pessoas no processo eleitoral. O programa publicou recentemente uma série de vídeos pedindo à população que exerça seu dever cívico.

 

Assista ao vídeo:

"Eu cresci em uma casa onde votar era apenas algo que você fazia o tempo todo. Meu pai, que sofria de esclerose múltipla, lembrou-se de ir ao local de votação com ele e de quanto esforço levou para ele estacionar seu carro para conseguir que suas muletas entrassem no porão da igreja", se emociona Michelle. Em um post no Instagram para promover o lançamento do novo livro de memórias dela, a ex-primeira-dama fez um tributo ao pai.