‘Meu filho tem autismo, não lepra’, desabafa pai nas redes

Redação - O Estado de S. Paulo

Mensagem de Shane Stephenson, pai do pequeno Reilly, viralizou no Twitter

A família de Reilly vive em Newcastle, na Inglaterra.

A família de Reilly vive em Newcastle, na Inglaterra. Foto: gpalmisanoadm / Pixabay

O desabafo do pai de um garoto autista nas redes sociais aponta a persistência de uma realidade entre as pessoas que vivem com o transtorno: a exclusão.

Shane Stephenson escreveu uma mensagem se queixando do tratamento que seu filho autista, Reilly, recebe. O maior sinal da indiferença com o pequeno, diz ele, é que o garoto nunca é convidado para festas de filhos dos amigos do pai.

“Isso está ganhando forma faz algum tempo, então aqui vai, e você pode gostar ou não”, escreve Shane no texto, que foi colocado no Twitter por sua esposa, Christine. “Meu filho tem autismo, não lepra.”

Ele continua, com críticas a seus colegas mais próximos:  "Meus supostos amigos que têm filhos também fazem festas. Nenhum convite, nem mesmo um. Vocês têm ideia do quanto isso machuca?", escreveu.

O tuíte com o desabafo do pai de Reilly viralizou: até agora, possui mais de 7.300 curtidas e foi compartilhado 2.890 vezes. A família de Reilly mora em Newcastle, na Inglaterra.