Menina com câncer ganha festa de 15 anos de voluntários

- O Estado de S.Paulo

Steffani Alves mora em Itu (SP) e foi diagnosticada com linfoma não-Hodgkin

Um dos momentos mais emocionantes da festa, a hora da valsa. 

Um dos momentos mais emocionantes da festa, a hora da valsa.  Foto: Juca Ferreira

Fazer o bem sem olhar a quem: foi justamente isso que um grupo de 150 voluntários fez em Itu (SP) na semana passada, ao organizar uma festa de 15 anos para Steffani Alves, que foi diagnosticada com linfonma não-Hodgkin há menos de um ano.

A festa, que aconteceu numa chácara no dia 19, teve valsa e Steffani usou vestido de 'princesa'. Ela sabia da festa e ajudou a escolher alguns detalhes, como a decoração e os doces, segundo reportagem do G1.

A ideia de fazer uma festa para a menina veio de Célio Cotting, Débora Librelon Gondin e Darlene Ludwig. Ele ficou sabendo da história de Steffani e resolveu postar no Facebook sua ideia, há três meses, e muita gente surgiu para ajudar. A comemoração foi feita apenas com doações de voluntários. E a festa ainda contou com algumas surpresas: 15 amigas da menina fizeram uma dança para a festa e usaram camisetas com a foto da aniversariante e o cantor Rick Solo gravou um vídeo para Steffani.

Steffani disse ao G1 que o momento mais emocionante da festa foi a hora da entrada dos pais. "Quando vi o meu pai entrando, eu ali com a minha mãe, não aguentei e chorei", relembrou. O maior desejo dela de aniversário? "Agora, quero ter muita saúde", afirmou. 

Festa de Steffani foi realizada com a ajuda de doações.

Festa de Steffani foi realizada com a ajuda de doações. Foto: Juca Ferreira