Matheus Pires, motoboy vítima de racismo, ganha moto de Luciano Huck

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

Uma vaquinha criada para ajudar o jovem já conseguiu mais de R$ 190 mil em doações e tem o objetivo de ajudá-lo a comprar uma casa própria

Matheus Pires mostrou a moto nova em um vídeo no Instagram

Matheus Pires mostrou a moto nova em um vídeo no Instagram Foto: Instagram / @matheuspiresdd

O motoboy Matheus Pires ficou conhecido na internet por um motivo triste: foi vítima de racismo enquanto trabalhava. Mas, desde que o caso ocorreu, diversas ações foram criadas para ajudá-lo. Em uma delas, o jovem recebeu, na última segunda-feira, 10, uma moto como presente do apresentador Luciano Huck.

“Eu estou aqui com o presente do Luciano. Muito feliz galera, obrigado por todas as mensagens. Está difícil gravar vídeo porque meu celular não está aguentando, mas muito obrigado”, disse Matheus em um vídeo publicado em sua conta no Instagram, que possui agora mais de 2 milhões de seguidores.

Huck chegou a compartilhar o vídeo que mostra o ataque contra Matheus e também conversou com o motoboy, prometendo enviar uma moto nova para ele. "Matheus foi corajoso e não baixou a cabeça pro preconceito. Este vídeo é revoltante. É um dever como cidadão denunciá-lo", disse o apresentador.

Matheus já havia ganhado outra motocicleta na sexta-feira, 7, mesmo dia em que o vídeo que mostra o motoboy sendo vítima de racismo enquanto fazia uma entrega viralizou nas redes sociais. O presente foi organizado pelo humorista Matheus Ceará e pelo grupo Razões para Acreditar.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

@lucianohuck ♥️

Uma publicação compartilhada por Matheus Pires (@matheuspiresdd) em

O grupo também criou uma vaquinha para reunir doações e ajudar Matheus, que perdeu o emprego como social media após precisar vender o computador, a se sustentar durante a pandemia. Em pouco tempo a campanha atingiu o valor de R$ 199 mil, e agora busca reunir doações para que o jovem consiga comprar uma casa própria. 

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais