Masp recebe evento sobre protagonismo e futuro das meninas

Ludimila Honorato - O Estado de S.Paulo

Gratuito, o Festival Plano de Menina terá palestras, shows e apresentação especial de Karol Conka

Evento vai discutir as transformações que as meninas estão promovendo nas próprias vidas, de suas famílias e da comunidade.

Evento vai discutir as transformações que as meninas estão promovendo nas próprias vidas, de suas famílias e da comunidade. Foto: trevoykellyphotography/Pixabay

Para celebrar o Dia Internacional da Menina, em 11 de outubro, o Museu de Arte de São Paulo (Masp) vai receber um evento gratuito para discutir o protagonismo e o futuro das meninas. O Festival Plano de Menina ocorre na data comemorativa, próxima sexta-feira, e contará com palestras, bate-papos, shows e uma apresentação especial da cantora Karol Conka.

Além dessas atividades, o Instituo Plano de Menina, que promove a iniciativa, vai apresentar uma pesquisa inédita sobre a visão de futuro das meninas brasileiras e lançar o minidocumentário Me dá uma licença, cocriado pelas meninas que participam das propostas da organização. A entrada para o evento é limitada e é preciso se inscrever para participar (clique aqui).

O Plano de Menina, idealizado em 2016 pela jornalista e comunicadora social Viviane Duarte, oferece oficinas sobre educação financeira, empreendedorismo, liderança, programação, direito, cidadania, inteligência emocional e outros temas. As meninas que passam pelos oito meses de cursos profissionalizantes são encaminhadas para vagas de emprego de jovem aprendiz por meio de parcerias do instituto com algumas empresas.

O Festival Plano de Menina vai mostrar histórias reais de meninas da periferia que estão conquistando seus planos por meio da organização e transformando não só a própria realidade, mas também de toda a família e comunidade.

Além de Karol Conka, estão confirmadas as presenças da Miss Brasil 2019, Julia Horta; Alexandra Gurgel, do canal Alexandrismo, para falar sobre LGBTQI+ e gordofobia; Jules Faria, da ONG Think Olga, e a rapper Yzalú. Adriana Carvalho, da ONU Mulheres, também participará das conversas, que terão apresentação da jornalista Joyce Ribeiro.

Confira, abaixo, a programação do evento:

15h30 - Abertura com a banda As Valquírias

15h45 - Quando eu era uma menina, com Mylene Ramos

15h50 - A mulher que eu quero ser, com Julia Ilario

15h55 - Banda As Valquírias

16h10 - Girls Talk com Alana, Gabriela e Luana

16h15 - Banda As Valquírias

16h25 - Batalha de Poesia, com Amanda, Camila, Leticia

16h30 - Sessão do minidocumentário Me dá uma licença

16h40 - Painel Me dá uma licença, com Jules Faria, Victoria Dandara, Julia Teodoro e Luz Ericka

17h25 - Show de Yzalú

17h35 - Quando eu era uma menina, com Valéria Almeida

17h40 - A mulher que eu quero ser

17h45 às 17h55 - Girls Talk, com as Meninas do Grajaú

18h00 - Show de Yzalú

18h05 - Painel Pesquisa: Autoestima da menina brasileira, com Julia Horta, Ellora Haonne, Xan Ravelli, Alexandra Gurgel, Adriana Carvalho

18h50 - A menina que eu era e a mulher que eu sou, com Amanda e Yzalú

19h05 - Painel: Lugar de menina

19h40 às 19h50 - Homenagem - Representatividade: Joyce Ribeiro; Inspiração: Alexandra Gurgel e Realização: Juju Gol

20h10 - Encerramento