Jovem utiliza arte para denunciar agressões sexuais ao corpo de uma mulher

- O Estado de S.Paulo

Reflexão proposta por Emma Krenzer busca divulgar as violências sofridas pelas mulheres do mundo todo

.

. Foto: Reprodução / Twitter @cheezitfan1 / Emma Krenzer

Uma simples intervenção artística na foto de um corpo feminino viralizou nas redes sociais ao chamar atenção para um assunto sério: o assédio sexual.

Estudante de uma universidade do Nebraska, nos Estados Unidos, Emma Krenzer imprimiu em escala real o corpo de uma de suas amigas e usou tintas coloridas para marcar toques de outras pessoas no corpo de uma mulher ao longo da vida.

Além de pessoas próximas como mãe, pai, irmãos, amigos, e namorados, há a representação em vermelho de "alguém a quem eu disse não", que conta com toques na região dos ombros, pescoço, seios e genitália.

"Eu fiz esse projeto para poder visualizar o quão duradouro pode ser o impacto de um toque num indivíduo", disse a artista em entrevista ao site americano Buzzfeed, sobre o trabalho que fez para uma aula de artes.