Jovem se torna 'avô' aos 23 anos; entenda

- O Estado de S.Paulo

Tommy Connolly adotou sua prima e seu filho

Rapaz se torna 'avô' aos 23 anos.

Rapaz se torna 'avô' aos 23 anos. Foto: Reprodução

O australiano Tommy Connolly não via sua prima adolescente há dez anos até que ela o adicionou no Facebook. Ele mandou uma mensagem para a prima, então com 17 anos, e acabou descobrindo várias coisas.

A menina, cujo nome não foi revelado, estava morando na rua e estava grávida de 32 semanas. Ao saber disso, Connolly foi buscá-la onde ela estava dormindo e a levou para seu apartamento. O rapaz tomou conta dela no estágio final da gestação e agora ajuda a cuidar do bebê de quatro semanas.

"Eu fui e a busquei e ela basicamente começou a me contar sobre sua situação, o que foi difícil de ouvir porque ela era a minha prima favorita quando éramos mais novos", disse ele ao Daily Mail Austrália.

"Até onde eu sabia, ela estava bem. Mas na realidade, não estava mesmo. Basicamente ela estava vivendo nas ruas, ela se tornou viciada em metanfetamina e estava indo muito mal. Ela não tinha nada", contou.

Ele disse que a prima parou de usar drogas quando ela tinha 15 anos, mas aos 16 ela ficou grávida e o pai do bebê foi preso logo depois. Quando ele a encontrou, não pensou duas vezes em acolhê-la. "Ela não tem culpa, ela é apenas uma garotinha que precisava de ajuda", disse.

Quando a prima de Tommy entrou em trabalho de parto, ele estava no meio de uma semana de provas na Universidade Sunshine Coast, onde estudava, e ficou estudando no quarto da maternidade. Assim que o 'neto' de Tommy nasceu, ele foi o responsável por cortar o cordão umbilical. "Quando o bebê nasceu, eu confesso que não tive uma ligação emocional muito forte com ele, eu só estava pensando no bem-estar da minha prima. Mas com o tempo, meus laços com o bebê foram se estreitando e hoje eu acabei assumindo esse papel de pai", relembrou Connolly.

Agora, Tommy continua trabalhando e estudando para poder pagar as despesas da sua nova família. "Desde que descobri que estava grávida, todos me diziam que iriam tirar meu filho de mim. Isto fez minha gravidez ser muito difícil. Tudo que eu queria era dar ao meu bebê a chance de uma vida melhor do que eu tive, eu queria ter uma chance e o Tommy me deu isso. Muito obrigada por tudo Tommy", agradeceu a prima em um post no Facebook.