Jovem arrecada US$ 32 mil para pagar faculdade após pais cortarem dinheiro pelo namorado negro

- O Estado de S. Paulo

Allie Dowdle, de 18 anos, mantinha o relacionamento às escondidas

Allie Dowdle e o namorado, Michael Swift.

Allie Dowdle e o namorado, Michael Swift. Foto: Reprodução/Gofundme

A norte-americana Allie Dowdle, de 18 anos, enfrentou a fúria dos pais porque seu namorado, Michael Swift, é negro. Após ter a poupança para a faculdade cortada, ela fez um crowdfunding para arrecadar US$ 10 mil como forma de ajudar a bancar os estudos. Até agora, ela arrecadou US$ 32 mil (R$ 102 mil).

A jovem conta, na campanha online, que começou a ver Michael há cerca de um ano. Quando foi contar aos pais sobre o relacionamento, Allie recebeu uma resposta que não esperava. "Meu pai não me deu uma opção: ele me disse que eu estava proibida de ver Michael para sempre. Por quê? Apenas por causa da cor da pele dele", conta a garota. "Nunca vou esquecer a gritaria deles, o quanto eles expressaram o quão desapontados estavam e que eu poderia fazer muito mais". 

Allie e Michael seguiram se vendo às escondidas por um ano, até que decidiram assumir de fato a relação para os pais dela, há cerca de um mês. A reação foi péssima. Como ela já tem 18 anos, os pais cortaram carro, celular e se negaram a pagar a faculdade da jovem. 

A garota segue buscando uma bolsa de estudos e um emprego.

Atualização às 11 horas:

O lado do pai. Em resposta à campanha, o pai de Allie, Bill Dowdle, afirmou em entrevista ao NY Daily News que o namoro da filha com um jovem negro pode até não ser sua "preferência", mas que cortou o dinheiro da filha porque ela é "mimada" e porque "obviamente ela precisa enfrentar o mundo e amadurecer".

"Nunca foi sobre a raça dele", afirmou Bill, para completar que ele não é reciasta e que as afirmações da filha "são uma justificativa que deram para ela embasamento moral". O pai da garota ainda afirmou que aceitaria qualquer namorado da filha, mas que ele e a mãe de Allie desaprovam a opção da jovem de ver Michael (e um namorado anterior) secretamente. 

Bill ainda acrescentou que ama a filha e que ele e a mãe dela estão dispostas a ajudá-la a ir à faculdade.