Já pensou em treinar um cão-guia? Escola de SC recruta pessoas sem experiência

Redação - O Estado de S. Paulo

Inscrições estão abertas até a próxima quarta-feira, 9, em Balneário Camboriú

Nove filhotes nasceram em junho na Escola de Cães-Guia Helen Keller

Nove filhotes nasceram em junho na Escola de Cães-Guia Helen Keller Foto: Divulgação

Uma escola de Santa Catarina está à procura de voluntários para treinar futuros cães-guia. Nove filhotinhos nasceram em junho na Escola de Cães-Guia Helen Keller, em Balneário Camboriú, e serão preparados para exercer a função.

As inscrições podem ser feitas no site da entidade e não é necessário experiência para se candidatar. O único requisito é morar nas proximidades. Os escolhidos serão responsáveis por apresentar aos filhotes diferentes ambientes e situações, que é o primeiro passo para a formação de um cão-guia.

O processo dura cerca de 18 meses e a escola se responsabiliza pelas despesas com saúde e alimentação do animal, além de orientar os voluntários sobre os comandos básicos e boas maneiras a serem ensinadas durante esse período.

Depois da socialização os cães voltam à escola, onde recebem o treinamento específico de guia. Se não apresentarem nenhum problema de saúde ou comportamental, serão graduados e entregues a um deficiente visual de forma gratuita.

Enio Gomes, presidente da Helen Keller, afirma que existem “cerca de 2 mil pessoas cadastradas aguardando a oportunidade de contar com o auxílio de um cão-guia”.

Além dos novos orientadores, a escola também abriu uma consulta online para decidir os nomes da nova ‘ninhada’ de cães (são dois machos e sete fêmeas). As sugestões podem ser enviadas para o e-mail contato@caoguia.org.br até a próxima quarta-feira, 9. Como essa é a terceira ninhada nascida na Helen Keller, a escola pede que nomes comecem com a letra C (terceira letra do alfabeto).

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação