Iniciativa doará ração para cães de pessoas em situação de rua

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

Projeto é uma parceria com a Prefeitura de São Paulo, que já fornece alimentação também para os tutores que não têm uma casa para morar

Ação garantirá doação de alimento para cães de pessoas em situação de rua por pelo menos três meses

Ação garantirá doação de alimento para cães de pessoas em situação de rua por pelo menos três meses Foto: HulmDesign / Pixabay

Os efeitos negativos da pandemia do novo coronavírus têm atingido diversos setores da sociedade, mas também incentivam o surgimento ou crescimento de ações de solidariedade. É o caso de uma iniciativa que irá fornecer gratuitamente alimentos para os cachorros de pessoas em situação de rua.

A ação faz parte do Projeto Rede Cozinha Cidadã, criado pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo, que fornece alimentação para pessoas em situação de rua e já distribuiu 170 mil refeições desde o dia 23 de abril. 

Para expandir a oferta de alimento para os cachorros desse grupo, a empresa Royal Canin decidiu integrar o projeto e fornecerá ração pelo período integral da ação, a princípio de três meses. A primeira doação, de uma tonelada, já foi entregue no começo desta semana.

Além do auxílio destinado aos animais de estimação de pessoas em situação de rua, a empresa já doou 13 toneladas de alimentos para seis ONGs do Estado de São Paulo e uma do Estado do Rio de Janeiro.

“Observamos que as pessoas em situação de rua que têm um cão quase sempre dividiam sua própria alimentação com os animais. Por isso, essa doação da Royal Canin tem tanto significado – não só para o pet, mas para a própria pessoa”, destaca Giulia Pereira Patitucci, Coordenadora de Políticas para População em Situação de Rua da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo.

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais