Hospital realiza chá de bebê para 125 mães em bairro pobre de Chicago

Redação - O Estado de S.Paulo

'Para muitas delas, esse é o único chá de bebê que elas terão na vida', diz a idealizadora

Hospital realizou chá de bebê coletivo para 125 mães.

Hospital realizou chá de bebê coletivo para 125 mães. Foto: Facebook/StBernardHealthcare

O Hospital Saint Bernard, que fica em Englewood, Chicago, fez uma ação para lá de especial para as mães do bairro onde fica localizado, que é majoritariamente habitado por famílias de baixa renda: fez um chá de bebê coletivo para mais de 100 mães.

"Foi muito divertido e animado!", disse Rosietta Cobb, de 22 anos, uma das mães presentes no evento ao Good Morning America, da ABC. Ela deu à luz gêmeos, um menino e uma menina, na última quinta-feira, 16, um dia depois do chá de bebê coletivo. "Eu acho que eles foram muito legais dando isso pra gente".

Englewood é um bairro muito pobre de Chicago, e também tem um dos mais altos índices de violência da cidade. "É uma área muito violenta, com muitos crimes e tiroteios", disse a vice-presidente da enfermagem do Saint Bernard, Evelyn Jones, que trabalha no hospital há 37 anos.

Foi Evelyn quem teve a ideia de criar esse chá de bebê."Para muitas delas, esse é o único chá de bebê que elas vão ter na vida, e elas ficam muito gratas e muito felizes", disse Evelyn. Neste ano, foram 125 mães presentes e, de acordo com ela, todas saem com presentes.

Quem faz as compras é a própria Evelyn. Ao longo do ano, ela vai comprando fraldas, brinquedos, produtos de higiene e roupas para os bebês. Neste ano, ela disse ter gastado mil dólares (cerca de R$ 3,9 mil). Outra parte dos presentes são doadas pela equipe do hospital, como enfermeiras e médicos.

"Enquanto as mães ainda estão no hospital, eu peço para a minha equipe perguntar mais sobre elas, então eu sei mais ou menos o que comprar para cada uma", conta Evelyn. "Eu não tenho netos, então essa é a minha maneira de me doar", disse ela.

Além de servir para dar presentes para as novas mães, o chá de bebê também é uma oportunidade de ensinar essas mulheres sobre a importância do pré-natal e os cuidados com os recém-nascidos. Cerca de 20% das mulheres que dão à luz no hospital Saint Bernard são adolescentes.