Homossexuais britânicos se casam em igreja pela primeira vez na história do Reino Unido

Redação - O Estado de S. Paulo

Igreja escocesa alterou lei para permitir o matrimônio, realizado em 16 de setembro

Dois americanos já haviam se tornado os primeiros homossexuais casados em igreja no território do Reino Unido

Dois americanos já haviam se tornado os primeiros homossexuais casados em igreja no território do Reino Unido Foto: lillen / Pixabay

O primeiro casamento entre dois homossexuais britânicos celebrado em igreja na história do Reino Unido aconteceu há duas semanas, segundo informações do Daily Mail e do The Times.

A cerimônia que uniu Peter Matthews e Alistair Dinnie ocorreu em 16 de setembro e abriu caminho para uma série de outros matrimônios homoafetivos realizados na mesma data. Os casamentos ocorreram na Igreja de São João em Edimburgo, na Escócia, administrada pela Igreja Episcopal da Escócia (SEC, sigla em inglês).

De acordo com o The Guardian, em agosto, dois americanos, chamados Mark e Rick, já tinham se tornado o primeiro casal a celebrar matrimônio em igreja anglicana (também sob domínio da SEC) em solo do Reino Unido.

Em junho, autoridades da SEC decidiram remover um artigo da doutrina anglicana que definia o matrimônio como “comunhão entre um homem e uma mulher”. No lugar desse texto, instituíram trecho que afirma que um clérigo pode recusar presidir um casamento homoafetivo caso isso signifique agir contra a própria consciência.

A ação, pioneira na Igreja Anglicana, foi bem recebida por membros da instituição e militantes de direitos homoafetivos.

Veja também: países em que o casamento homoafetivo é legalizado