Homem tenta fugir de prisão fantasiado de mulher e fica igual a Nazaré Tedesco 

Redação - O Estado de S.Paulo

De saia longa, peruca e unhas pintadas, o preso esqueceu de mudar a voz

Brasileiros acharam que o criminoso ficou muito parecido com a vilã Nazaré Tedesco ao se fantasiar

Brasileiros acharam que o criminoso ficou muito parecido com a vilã Nazaré Tedesco ao se fantasiar Foto: TV Globo / João Miguel Júnior

Francisco Herrera Argueta é um assassino e chefe de uma gangue preso em San Pedro Sula, Honduras. No último domingo, 7, ele tentou escapar da cadeia, disfarçado de mulher. De saia longa, peruca loira, seios falsos e óculos escuros, ele acabou parecido com uma das mais famosas vilãs das novelas brasileiras, Nazaré Tedesco. 

O plano de Argueta era fingir ser uma visitante, Jacinta Elvira Araujo, de acordo com o documento entregue aos policias. Para complementar o disfarce, ele chegou até a pintar as unhas de rosa. No entanto, ele se esqueceu de tentar mudar a voz, que o denunciou. 

Ao Daily Mail, o representante da polícia, Bayron Sauceda, disse que os funcionários já haviam notado que a 'mulher' andava de um jeito estranho - aparentemente, o preso não sabia usar salto alto. Mas, foi só quando um guarda pediu sua identidade e ele respondeu com uma voz masculina, que eles perceberam o que estava acontecendo. 

O guarda, então, pediu para que ele tirasse os óculos escuros e a maquiagem não pode esconder sua identidade. 

Com a repercussão da história no Brasil, as pessoas que viram a foto da fantasia associaram o preso a Nazaré Tedesco. 

Argueta será punido pela sua tentativa de escapar e pode ser transferido para a prisão conhecida como a mais perigosa do país, Santa Barbara.