Homem é preso após furtar mais de 100 celulares no Coachella

Redação - O Estado de S.Paulo

Vítimas recuperaram os aparelhos após ativarem a função antifurto

País fechou o ano com 236 milhões de linhas em operação, sendo que 148,5  milhões são pré-pagas e 88 milhões são pós-pagas

País fechou o ano com 236 milhões de linhas em operação, sendo que 148,5  milhões são pré-pagas e 88 milhões são pós-pagas Foto: Reuters / Lucy Nicholson

Um homem de 36 anos foi preso no Coachella em posse de mais de 100 celulares furtados durante o conhecido festival de música que ocorre anualmente na Califórnia. A polícia da cidade de Indio, onde ocorre o evento, conseguiu chegar ao ladrão graças à função ‘Buscar iPhone’ que alguns dos aparelhos continham.

As vítimas, ao perceberem que estavam sem seus celulares, ativaram a funcionalidade e logo acharam o responsável pelos furtos, que não havia desligado os aparelhos. A polícia anunciou que vários celulares já foram devolvidos aos seus donos e pediu para os participantes do evento tomarem cuidado com suas posses em eventos tão cheios como o Coachella.

Segundo a rádio local KMIR, o ladrão foi indiciado por furto e receptação (posse de objetos vindos de crime) e saiu da prisão após pagar fiança de US$10 mil. 

Veja abaixo o post no Facebook que a polícia de Indio fez ao prendê-lo.