Elton John em Paris, Billie Eilish em Nova York: astros mobilizados pelo planeta

Agências - AFP

Show de Elton Jonh aos pés da Torre Eiffel é neste sábado, 25, a partir das 12h30

 

O músico Elton John

O músico Elton John Foto: AP Photo/Chris Pizzello

Elton John em Paris, Stevie Wonder em Los Angeles e Billie Eilish em Nova York: grandes astros da música vão se apresentar neste sábado, 25, em todo o mundo, em apoio a um planeta ameaçado, num festival organizado pela ONG Global Citizen.

Em Paris, aos pés da Torre Eiffel (a partir das 12h30 no horário de Brasília), Elton John fará seu show antes de ser operado no quadril, uma intervenção que implicará em um novo adiamento de sua turnê mundial de despedida. 

"Eu não queria abandonar uma instituição de caridade", afirmou recentemente em um comunicado. "Serão apenas cinco músicas, um trabalho físico muito diferente do que tocar quase três horas todas as noites em turnê e viajar à noite de um país para outro", explicou Sir Elton, de 74 anos.

"Depois dessa apresentação, passarei por uma cirurgia que me permitirá retomar a turnê em janeiro de 2022 em Nova Orleans", frisou.

O intérprete vai dividir o palco na capital francesa com outras estrelas como Ed Sheeran, Black Eyed Peas, Christine and the Queens e também Måneskin

Os vencedores do Eurovision, inicialmente programados para Londres, publicaram imagens de seus ensaios, com a Dama de Ferro (a torre Eiffel) ao fundo. 

DJ Snake, anunciado inicialmente, não participará.

Cerca de 20 mil espectadores são esperados em Paris. Todos os ingressos - gratuitos - foram distribuídos, segundo a organização.

Para obtê-los, bastava registrar-se no site da Global Citizen e apoiar a ação da ONG, assinando petições ou compartilhando mensagens nas redes sociais.

Segundo os organizadores, os temas selecionados são "mudanças climáticas, igualdade de vacinas e fome".

Este "Global Citizen Live" (GCL) foi organizado por Hugh Evans, um australiano conhecido no mundo da filantropia.

A Global Citizen pretende convocar "os governos, grandes empresas e os filantropos para que trabalhem juntos na defesa do planeta e para vencer a pobreza, concentrando-se nas ameaças mais urgentes".

Os shows devem durar 24 horas, com transmissão para todo mundo na Apple Music, Apple TV App, YouTube yeTwitter, além de canais de televisão de todo o planeta. 

As informações sobre o festival estão disponíveis no site e nas redes sociais da ONG (@glblctzn no Instagram, Tik Tok, Twitter e YouTube). 

Como o Live Aid em 1985 

Assim como o Live Aid, show beneficente realizado em 1985 em várias cidades do mundo por iniciativa de Bob Geldorf para combater a fome na Etiópia (e no qual também participou Elton John), os espetáculos também são programados em outras megacidades.

Em Nova York, no Central Park, vão se apresentar Coldplay, Jennifer López e Lizzo. O príncipe Harry e sua esposa Meghan devem comparecer ao concerto.

Por sua vez, o Greek Theatre de Los Angeles receberá Adam Lambert, Demi Lovato e ONEREPUBLIC.

Também serão organizadas apresentações outras cidades, incluindo Madri, Buenos Aires, Rio de Janeiro, Johannesburgo, Lagos, Sydney ou Mumbai... para preencher todos os fusos horários do globo. 

Apresentações na televisão também serão transmitidas, como de Andrea Bocelli a partir da Toscana e o grupo de K-pop BTS a partir de Seul.

Os shows devem durar 24 horas, com transmissão para todo mundo na Apple Music, Apple TV App, YouTube yeTwitter, além de canais de televisão de todo o planeta. 

Por trás deste evento está a Global Citizen, uma ONG que se descreve como um "movimento de cidadãos comprometidos".

Global Citizen está sempre presente nos grandes eventos, como durante o "Vax Live", na primavera em Los Angeles, um concerto a favor da vacinação contra a covid-19 (e contra a desinformação). 

Na ocasião, Jennifer Lopez e Foo Fighters subiram ao palco enquanto o presidente dos EUA, Joe Biden, o papa Francisco, os atores Ben Affleck e Sean Penn, entre outros, enviaram mensagens de vídeo.