Galinha é capturada ao tentar entrar no Pentágono

Agências - AFP

Os internautas sugeriram nomear a galinha de Ethel Rosenberg, a famosa americana presa e executada por espionar para a União Soviética na década de 1950

A Liga de Bem-Estar Animal de Arlington foi chamada para recolher a ave que 'farejava a área segura do Pentágono' e devolvê-la a um galinheiro.

A Liga de Bem-Estar Animal de Arlington foi chamada para recolher a ave que 'farejava a área segura do Pentágono' e devolvê-la a um galinheiro. Foto: James Wainscoat/ Unsplash

WASHINGTON, EUA - Uma galinha foi capturada na segunda-feira, 31, enquanto "farejava a área segura do Pentágono", um dos edifícios mais protegidos do mundo, anunciou uma organização defensora dos direitos dos animais.

A Liga de Bem-Estar Animal de Arlington foi chamada para recolher a ave e devolvê-la a um galinheiro, disse a própria organização em sua conta do Facebook.

"Aparentemente, a resposta para 'por que a galinha atravessou a estrada' é... chegar ao Pentágono?! Muito cedo esta manhã, esta galinha foi pega se esgueirando pela área de segurança do Pentágono (não estamos brincando) e nossos oficiais foram chamados para buscá-la. A Sgt Ballena a trouxe em segurança para o abrigo onde ela ficará até encontrarmos um novo lar para ela! Agora precisamos de um nome para ela - sugestões são bem-vindas!", escreveu a instituição no post.

O jornal Military Times também informou sobre a ave. "Se perdeu tentando atravessar a rua? Ou é uma espiã em missão para roubar segredos de estado? Ela, até o momento, mantém o bico fechado", disse com humor este jornal especializado em assuntos militares.

Os internautas sugeriram nomear a galinha de Ethel Rosenberg, a famosa americana presa e executada por espionar para a União Soviética na década de 1950.