Funcionárias passam a morar em zoológico para cuidar dos animais

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

A iniciativa foi tomada por quatro cuidadoras do Paradise Park, no Reino Unido, em meio à quarentena gerada pelo novo coronavírus

As cuidadoras continuam a realizar atividades no local, interagindo com os animais

As cuidadoras continuam a realizar atividades no local, interagindo com os animais Foto: Facebook / @ParadiseParkCornwall

Com a chegada do novo coronavírus no Reino Unido, o isolamento social tem sido implementado no país, mas cuidadoras de um zoológico decidiram se isolar no trabalho, e não em casa. As quatro estão morando no Paradise Park, para cuidar dos animais do local.

O zoológico está temporariamente fechado devido à pandemia, com as quatro funcionárias sendo auxiliadas por outros cuidadores, que irão diariamente ao local mas em diferentes horários e mantendo distância. As cuidadoras Izzy Wheatley, Sarah-Jane Jelbart, Layla Richardson e Emily Foden estão morando em uma casa que fica dentro do Paradise Park.

Com cerca de 1,2 mil espécies, mesmo com a quarentena ainda é necessário cuidar de todos os animais, o que inclui alimentação, limpeza, fornecer medicamentos, realizar atividades e realizar a manutenção do zoológico. As funcionárias se mudaram no dia 20 de março, e o local fechou no dia 21.

No Facebook do Paradise Park estão sendo publicadas diversas fotos que mostram a rotina das cuidadoras. As cuidadoras chegam até a fingir que são visitantes para os pinguins do zoológico, que realizam uma atividade em que eles escolhem quem irá alimentá-los.

 

 

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

A publicação que fala sobre a mudança das cuidadoras reforça que o zoológico está “muito agradecido” pela atitude delas, que irão se distanciar da família nesse período. O local também está realizando algumas lives com os seus habitantes, e está buscando doações para garantir o fornecimento de comida e outros produtos para os animais.

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais

Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus