Fotógrafo transforma crianças doentes e deficientes em super-heróis

redação - O Estado de S.Paulo

A ideia era mostrar a força interior que cada uma carrega dentro de si e colocar um sorriso no rosto delas

Cada criança foi transformada no herói que mais combinava com a história dela.

Cada criança foi transformada no herói que mais combinava com a história dela. Foto: Facebook.com/joshrossiphoto

Algumas pessoas, mesmo passando por momentos difíceis, têm uma força e disposição que seriam inimagináveis. Foi para mostrar essa força interior e trazer um sorriso ao rosto delas que o fotógrafo Josh Rossi e a mulher dele, Roxana, transformaram crianças doentes ou deficientes em super-heróis.

Com a ideia de mostrar a verdadeira Liga da Justiça, Roxana passou semanas em busca das crianças que representariam os heróis. Ao todo, o projeto levou dois meses para ser concluído.

Com a ajuda da designer de roupas Julie Whiteley, eles transformaram meninos e meninas em Super-Homem, Mulher Maravilha, Cyborg, Aquaman, Flash e Batman.

A escolha do herói foi feita com base na história de cada criança. A primeira que eles encontraram foi Kayden Kinckle, de 5 anos, que teve as duas pernas amputadas e andava com próteses. Essa condição era parecida com a do herói Cyborg que, depois de um acidente, passou a viver com partes do corpo robóticas.

Sofie Loftus, de 3 anos, tem um raro câncer e, dias antes das fotos, tinha passado por uma sessão de radioterapia. Mesmo um pouco enfraquecida, ela mostrou um olhar de fúria ao posar como Mulher Maravilha.

Teagan Petti, de 9 anos, nasceu com metade do coração, órgão que é o ponto fraco do Super-Homem. Já o pequeno Mataese Manuma, de 2 anos, tem origem polinésia assim como o Aquaman, que ele representou.

Zaiden Stolrow, de 7 anos, é um garoto com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e uma energia sem fim. Por isso, Josh achou que seria perfeito combiná-lo com o Flash.

Por gostar muito do Batman e ser tão firme quanto ele, o pequeno Simon Fullmer, de 5 anos, foi transformado no cavaleiro das trevas.

Cada criança recebeu de presente um pôster com a foto dela, e as reações ao ver o material podem ser conferidas neste link (em inglês). Josh também disponibilizou todo o projeto no site dele.