Falha no Facebook diz a usuários que eles estão mortos

Katie Rogers - NY Times

Rede social se desculpou pelo erro, mas virou motivo de preocupação e piada

Você já imaginou como seria ir ao próprio velório? Nesta sexta, o Facebook me deu essa opção dizendo que eu estava morto. As coisas ficaram ainda mais estranhas quando o serviço me disse que a maioria das pessoas que eu conheço estavam mortas também.

Ainda é seu velório se todo mundo está morto?

"Esperamos que as pessoas que amam Katie encontrem conforto nas coisas que os outros compartilharem para relembrar e celebrar sua vida", o Facebook me disse gentilmente na tarde de sexta-feira.

Rede social criou página de homenagem póstuma que vazou antes do previsto e virou piada na internet

Rede social criou página de homenagem póstuma que vazou antes do previsto e virou piada na internet Foto: Reprodução

 rede social até postou a mensagem com a ilustração de uma flor.

Primeiro, eu fiquei indignada. Eu definitivamente não estava morta. (Ou estava? Foi uma longa semana.)

Então achei que tivesse sido hackeada. Então perguntei para alguns de meus amigos. Também mortos.

"Estou morto, também?", alguém gritou.

E não era só no The Times. Não estava claro quantos dos 1,7 bilhão de usuários do Facebook estavam recebendo avisos de que estavam mortos, mas estava óbvio que outras pessoas de fora da imprensa tinham recebido a notificação em suas páginas. Em uma declaração divulgada pelo porta-voz, a rede social lamentou o erro e disse que a falha foi consertada.  

"Por um breve período hoje, uma mensagem destinada a perfis de memória foi erroneamente postada em outras contas", dizia a declaração. "Foi um erro terrível que está agora consertado. Sentimos muito que isso tenha acontecido e trabalhamos o mais rápido possível para corrigi-lo".

 

As notificações de morte causaram uma onda de comentários nas redes sociais e não poucas piadas como "não estamos todos um pouco mortos depois dessa semana de eleição?". Para outros que checaram as páginas de pessoas próximas, a informação errada foi um tanto alarmante.

"A página de um amigo foi marcada como de um morto", Chris Daily, um dos meus seguidores no Twitter que mora em Orlando, na Flórida, me escreveu. "Engraçado, ele estava sentado bem ao meu lado e parecia bem para um morto!".

Alguns responderam compartilhando uma foto em sua própria página.

Alguém até tirou uma cópia da página póstuma de Mark Zuckerberg, fundador e presidente do Facebook. 

Minutos depois de levar a internet à loucura, o Facebook retirou a função do ar. E, nas redes sociais, pessoas ficaram desapontadas de ficarem de fora da farra.