Fã de Emily diz que gastou R$ 1,2 mil com chamadas telefônicas para votar no 'BBB'

Redação - O Estado de S.Paulo

Perfil @VikyOficial do Twitter compartilhou fotos da fatura de telefone

Emily venceu a 17ª edição do 'BBB'

Emily venceu a 17ª edição do 'BBB' Foto: Paulo Belote/ Globo

O Big Brother Brasil é um reality show que desperta sentimentos intensos no público: ou o público ama ou odeia, dificilmente, existe um meio termo. Nessa edição não foi diferente e alguns participantes também cultivaram uma torcida ferrenha. Emily pode contar com a ajuda dos fãs para vencer o BBB17; inclusive, um fã afirmou no Twitter nesta sexya-feira, 14, que gastou R$ 1,2 mil em ligações telefônicas para votar na Sister.

O perfil @VikyOficial supostamente recebeu uma conta de telefone no valor de R$ 1.210,76. "Fãs da Emilly não votam, foi manipulado." Aham, então venham pagar minha conta telefônica, por favor", escreveu o usuário da rede social. Os tuítes eram públicos, mas o internauta tornou a conta privada nesta tarde.

Tuíte do perfil @VikyOficial

Tuíte do perfil @VikyOficial Foto: Reprodução Twitter

Tuíte do perfil @VikyOficial

Tuíte do perfil @VikyOficial Foto: Reprodução Twitter

Final do 'BBB17'

Com 58% dos votos, Emilly Araújo tornou-se a grande campeã da 17ª edição do reality show Big Brother Brasil, nesta quinta-feira, 13. A jovem ficou com o prêmio de 1,5 milhão de reais. Vivian teve 41% dos votos, enquanto Ieda teve apenas 1%.

O apresentador Tiago Leifert considerou sua conquista como a “vitória do coração diante da sabedoria e da lucidez”, representadas pelas outras participantes.