Estagiário faz posts machistas no Facebook e é demitido

Luiza Pollo - O Estado de S.Paulo

Construtora onde ele trabalhava publicou nota de esclarecimento e foi bastante elogiada nas redes

Posts que resultaram na demissão do estagiário

Posts que resultaram na demissão do estagiário Foto: Reprodução/Facebook

Um estagiário da Cantareira Construtora e Imobiliária foi demitido após fazer posts machistas em suas redes sociais pessoais. Na legenda de uma das fotos tiradas em obras da construtora, o garoto escreveu: "procurando uma feminista para ajudar a descarregar [a carga de cimento]",  e usou as hashtags #estágio e #EngenhariaCivil.

Ao ser alertada por clientes sobre o caso, a empresa se manifestou na página do Facebook. Além de afirmar que as opiniões do garoto não refletem a visão da construtora, que "despreza qualquer incitação de ódio e preconceito", a empresa avisou que o estagiário já não faz mais parte da equipe.

A assessoria de imprensa da Cantareira afirma que houve uma reunião com o garoto, na qual ele foi informado de que eles não poderiam manter um funcionário que dissemina opiniões sexistas. Ele teria dito que mantém seu posicionamento.

"Nós não podemos responder pelas opiniões particulares de um funcionário. O problema é que ele estava uniformizado e no canteiro de obras. Para nós, é importante esclarecer que esse não é o posicionamento de nenhum dos sócios", informou a assessoria de imprensa ao E+

A nota de esclarecimento já tem mais de 4 mil curtidas no Facebook e diversos elogios nos comentários. Além disso, a construtora publicou uma imagem de uma mulher, aparentemente trabalhando como engenheira, com a frase: "Lugar de mulher é onde ela quiser." 

O post também foi bastante elogiado. "Sou estudante de Engenharia Civil na USP e fico imensamente feliz da empresa compartilhar de ideais como esse. Obrigada", escreveu uma garota. "Se um dia resolver vir pra Maringá, procura a gente!! ❤❤", respondeu a empresa.