Entenda por que 'Deu Onda' viralizou tão rápido

- O Estado de S.Paulo

Agência de publicidade analisou o hit para explicar o sucesso imediato

  

   Foto: Reprodução/Instagram @mcg15original

Se você passou o fim de ano imune ao hit Deu Onda, do MC G15, ou estava fora do Brasil ou andou bem distraído por aí. A música toca nas baladas, nas festinhas em casa, na praia... E, se você fugir, vai de cara com ela na internet.

A agência de publicidade CCZ*WOW ficou curiosa para descobrir como essa onda virou tão rápido uma 'tsunami'. Para isso, eles fizeram uma cronologia que explica, passo a passo, o crescimento do hit.

Lançada em 22 de novembro do ano passado, a música só tinha uma versão: aquela imprópria para menores de 18 anos, que não cita o 'pai' de ninguém. G15 já saiu em turnê nesse período, mas foi no dia 21 de dezembro que a produtora KondZilla - quase uma fábrica de hits do funk - lançou o clipe com a versão 'light' da música, 'apropriada' para tocar na rádio.

Depois disso, vários artistas como Anitta, Latino e atrizes da Malhação, postaram vídeos nas redes fazendo a coreografia. Isso aconteceu ainda antes do Natal. Já que a música não é lá a melhor substituição de Jingle Bells para ouvir com a família, quem não conhecia Deu Onda até as festas de fim de ano provavelmente foi tomado pelo hit no ano-novo.

Ainda antes do dia 31 de dezembro, diversos veículos de comunicação - inclusive o E+ - já falavam da música, e muita gente conhecida, como Wesley Safadão, Marília Mendonça e Lucas Lucco, deram um empurrãozinho ainda maior ao cantar o funk em seus shows. Teve também quem preferiu fazer sua própria versão - como Gretchen ou este cara, que ama muito comer. 

Deu Onda ficou em primeiro lugar nos players de música e chegou a ser considerada a mais viral do mundo. Nem a namorada de G15 escapou dos holofotes. A musa inspiradora do funk disse que fica com vergonha por ser citada, mas entende que a música não 'estouraria' sem uns palavrões.

Há quem aposte que o hit vai continuar nas caixas de som do País inteiro pelo menos até passar o carnaval. Então vale a pena se informar sobre essa história e ter assunto com qualquer um. Veja a cronologia:

  

   Foto: Divulgação/CCZ*WOW

  

   Foto: Divulgação/CCZ*WOW

  

   Foto: Divulgação/CCZ*WOW

  

   Foto: Divulgação/CCZ*WOW