Empresa francesa cria 'Airbnb' de piscinas

Redação - O Estado de S.Paulo

Startup facilita o aluguel do espaço de lazer para desconhecidos

Uma startup francesa criou o Swimmy, site que facilita o aluguel de piscinas para desconhecidos.

Uma startup francesa criou o Swimmy, site que facilita o aluguel de piscinas para desconhecidos. Foto: Pixabay / jamicc

A França é o segundo país do mundo com o maior número de piscinas privadas: 1,8 milhão segundo estimativas do governo francês, ficando só atrás dos Estados Unidos. Com um custo de manutenção mensal entre 800 e 1.000 euros, muitas vezes elas são abandonadas pelos donos.

Pensando nisso, a empresária francesa Raphaëlle de Monteynard criou o site Swimmy em julho deste ano. O serviço propõe o aluguel de piscinas no mesmo estilo que o Airbnb serve para os imóveis. Com um aluguel médio de 17 euros para o uso da piscina por meio período ou um dia inteiro, o Swimmy já conta com mais de 100 locais cadastrados, e a estimativa da startup é aumentar em até sete vezes esse número até 2018.

Cobrando uma taxa de 10% pelos serviços prestados, o Swimmy dá aos locatários a possibilidade de ceder cadeiras, banheiros, churrasqueiras e outros serviços caso queiram. “Nossos estudos mostraram que donos de piscinas são bem propensos a alugá-las pelo custo de manutenção”, disse Raphaëlle em entrevista para o jornal Le Parisien.