Embaixador filma pedido de casamento depois de união homoafetiva ser autorizada na Austrália; veja

Redação - O Estado de S.Paulo

Brendan Berne e Thomas Marti, ambos funcionários do governo australiano, estão juntos há 11 anos

Deputados australianos aprovam casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Deputados australianos aprovam casamento entre pessoas do mesmo sexo. Foto: Sean Davey/AFP

O embaixador da Austrália na França fez uso imediato do direito autorizado pelo governo australiano, que passou a admitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo. No prédio da embaixada em Paris, onde seu namorado também trabalha, ele fez a proposta - e filmou tudo.

O vídeo começa com Brendan Berne se apresentando como embaixador australiano, responsável pelas relações entre seu país e a França. “E agora, com a autorização do casamento gay, é hora de ratificar a minha própria relação com meu companheiro já há 11 anos, Thomas”.

“Ele não faz ideia do que vou fazer, e a questão agora é só fazer a proposta”, diz Brendan Berne, de 47 anos. Ele caminha então pelo prédio da embaixada e vai até a sala de Thomas Martini, cidadão suiço-australiano que trabalha na área de Comércio Exterior do governo da Austrália.

Ao encontrar o namorado, ele fala: “Thomas, estamos juntos há 11 anos e, agora que a Austrália autorizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo,  eu quero te fazer uma proposta. Você gostaria de se casar comigo?”

A reação de Thomas é um pouco tímida, e ele se levanta para abraçar o namorado.

Veja o vídeo:

 

VEJA TAMBÉM: Os países que permitem o casamento homoafetivo

Sean Davey-/AFP Photo
Ver Galeria 28

28 imagens