Em post no Instagram, homem faz elogio a esposa fora dos padrões de beleza

Redação - O Estado de S.Paulo

Apesar de muitos elogios, alguns internautas acharam que ele estava se exibindo

O escritor Robbie Tripp recebeu elogios e críticas por post que fez no Instagram elogiando os atributos físicos de sua mulher. 

O escritor Robbie Tripp recebeu elogios e críticas por post que fez no Instagram elogiando os atributos físicos de sua mulher.  Foto: Instagram.com/tripp

O escritor Robbie Tripp viralizou na última semana com um post fazendo elogios a sua mulher, a blogueira de moda Sarah Tripp. "Eu amo essa mulher e seu corpo curvilíneo", disse Robbie no post que já conta com mais de 30 mil likes na rede social. Enquanto a maioria dos comentários parabeniza Tripp pelo post, outros o criticaram pelo vocabulário utilizado para descrever Sarah e que não merece aplausos só por gostar de mulheres fora do padrão de beleza.

No post, publicado na última terça-feira, 1º, Robbie se declara para sua mulher dizendo que adora o seu "corpo curvilíneo" e sempre foi atraído por mulheres com esta composição física desde o ensino médio. "O tamanho e forma nunca serão destaque da Cosmopolitan [famosa revista de moda], mas são destaque da minha vida e coração", escreveu. "Não tem nada mais sexy para mim do que uma mulher curvilínea e com confiança, essa maravilhosa mulher com quem sou casado enche totalmente os seus jeans e mesmo assim sempre é a pessoa mais bonita em uma sala", continuou.

Ele então oferece conselho a outros homens para rejeitarem o que a sociedade impôs como padrão de beleza. "Caras, repensem o que a sociedade impôs que vocês desejassem. Uma mulher de verdade não é uma atriz pornô, manequim de biquíni ou estrela de cinema. Ela é de verdade, tem lindas estrias nos quadris e covinhas pelo corpo inteiro. Garotas, nunca se enganem pensando que precisam se encaixar em um modelo para serem amadas e apreciadas", continuou.

"Tem um cara por aí que vai te amar exatamente pelo o que você é, alguém como eu amo a Sarah do jeito que ela é", concluiu Robbie.

A maioria dos comentários no post foram de elogios a Tripp por falar sobre o assunto. "Parabéns pelo seu sucesso e o relacionamento", disse um dos internautas. Já outros viram no post uma forma de autopromoção e redução de Sarah aos seus atributos físicos. "Não podemos 'dar uma medalha' a ele por reduzir o que sente por sua mulher a seus atributos físicos. Não sei que tipo de 'feminista' ele se diz ser se acha que o foco é na aparência física", disse outra internauta que discordou do post.

Veja abaixo o post (em inglês) e tire suas próprias conclusões:

 

|| I love this woman and her curvy body. As a teenager, I was often teased by my friends for my attraction to girls on the thicker side, ones who were shorter and curvier, girls that the average (basic) bro might refer to as "chubby" or even "fat." Then, as I became a man and started to educate myself on issues such as feminism and how the media marginalizes women by portraying a very narrow and very specific standard of beauty (thin, tall, lean) I realized how many men have bought into that lie. For me, there is nothing sexier than this woman right here: thick thighs, big booty, cute little side roll, etc. Her shape and size won't be the one featured on the cover of Cosmopolitan but it's the one featured in my life and in my heart. There's nothing sexier to me than a woman who is both curvy and confident; this gorgeous girl I married fills out every inch of her jeans and is still the most beautiful one in the room. Guys, rethink what society has told you that you should desire. A real woman is not a porn star or a bikini mannequin or a movie character. She's real. She has beautiful stretch marks on her hips and cute little dimples on her booty. Girls, don't ever fool yourself by thinking you have to fit a certain mold to be loved and appreciated. There is a guy out there who is going to celebrate you for exactly who you are, someone who will love you like I love my Sarah. || photo cred: @kaileehjudd

Uma publicação compartilhada por ROBBIE TRIPP™ (@tripp) em