Educadora brasileira é eleita uma das cinco protagonistas da América Latina, segundo canal de TV

Camila Tuchlinski - O Estado de S.Paulo

A pedagoga Cibele Racy, que foi diretora da EMEI Nelson Mandela, representa o Brasil em celebração virtual da 'Lifetime' nesta terça-feira

A educadora Cibele Racy, especialista em Administração Escolar e Educação Especial, que foi eleita pela BBC inglesa, no ano passado, como uma das 100 mulheres mais inspiradoras do mundo

A educadora Cibele Racy, especialista em Administração Escolar e Educação Especial, que foi eleita pela BBC inglesa, no ano passado, como uma das 100 mulheres mais inspiradoras do mundo Foto: Arquivo pessoal

A educadora Cibele Racy, especialista em Administração Escolar e Educação Especial, foi eleita uma das cinco mulheres protagonistas da América Latina pela Lifetime, marca internacional multiplataforma dedicada exclusivamente ao público feminino.

Em 2020, Cibele Racy foi eleita pela BBC inglesa como uma das cem mulheres mais inspiradoras do mundo. Por mais de uma década, a educadora foi diretora da Escola Municipal de Ensino Infantil (EMEI) Nelson Mandela e elevou a qualidade da educação pública na promoção dos direitos humanos, igualdade racial e de gênero no Brasil.

Além disso, segue lutando para garantir uma escola feita para e por crianças. Atualmente realiza gratuitamente palestras para escolas públicas e privadas sobre a implementação de uma Educação Antirracista e a inclusão no currículo da Lei 10.639/03 que torna obrigatório o estudo da História e da Cultura Africana e Afro-brasileira.

 

 

Este ano, as mulheres latino-americanas homenageadas pela Lifetime e que receberão o Latin America Lifetime Award, além de Cibele, são: Valeria Mazza, representando a Argentina, Daniella Álvarez, pela Colômbia, Ana Baquedano, pelo México, e Pilar Sordo pelo Chile. A cerimônia de premiação “LALA 2021” será realizada em um evento virtual nesta terça-feira, dia 16 de março, às 20h.