Dono perde gato e descobre que mais alguém sentia falta do animal 

Redação - O Estado de S.Paulo

Scott Ewels recebeu uma carta de sua vizinha para saber se estava tudo bem com Bear

Scott Ewels tinha dois gatos, Teddy e Bear

Scott Ewels tinha dois gatos, Teddy e Bear Foto: Facebook/ Scott Ewels

Scott Ewels ficou muito triste ao descobrir que um dos seus gatos, Bear, morreu em um provável atropelamento. No entanto, apesar da perda de seu bichinho, o incidente fez com que Scott conhecesse uma nova pessoa. 

Bear e Teddy, seu irmão, eram gatos que gostavam de ficar fora de casa. O que seu dono não sabia é que eles gostavam de ficar com outras pessoas durante seus passeios. 

Duas semanas depois de um dos gatos ser atropelado, Teddy chegou em casa com um bilhete em sua coleira. "Prezado dono: sou sua vizinha, moro no 4. Sou também amiga próxima dos seus gatos, já que eles costumavam vir ao meu quarto todo dia. Mas um deles, o maior, desapareceu há duas semanas. Ele está bem? Estou muito preocupada com ele. Ele era um gato amável e sempre tocava meu coração. Espero que ele esteja bem". 

Em entrevista ao The Dodo, Ewels disse que escreveu para sua vizinha. "Eu disse a ela que Bear tinha morrido e que ficava feliz que ele tenha trazido alegria para outras vidas. Inclui meu endereço de e-mail e, desde então, ela me mandou fotos de Bear e Teddy na casa dela e histórias de aventuras deles", relata. 

O dono dos gatos ainda revelou que a vizinha costumava ensaiar sua tese da universidade aos gatos quando e ela não tinha mais ninguém para conversar. "Isso torna a morte dele ainda mais comovente", opina Ewels. 

No domingo, 7, a vizinha foi até a casa de Ewels para visitar o túmulo de Bear.