Dois anos depois de furacão Matthew, americano enfrenta Florence seminu ao som de Slayer

Redação - O Estado de S.Paulo

Lane Pittman chamou a atenção em 2016, quando saiu nas ruas da Flórida sem camiseta no meio da tempestade, e agora repetiu o feito

Lane Pittman enfrenta a chuva causada pelo furacão Florence em Myrtle Beach, na Carolina do Sul.

Lane Pittman enfrenta a chuva causada pelo furacão Florence em Myrtle Beach, na Carolina do Sul. Foto: REUTERS/Randall Hill

O americano Lane Pittman enfrentou o furacão Florence de uma maneira inusitada: vestindo apenas uma cueca e segurando a bandeira dos Estados Unidos, ele saiu na rua em Myrtle Beach, na Carolina do Sul, descalço e ao som de Slayer, dizendo que o furacão era pequeno demais para ele.

"Você é fraco e pequeno, Florence! O homem da Flórida está aqui!", tuitou Pittman, junto a um vídeo do momento.

Em 2016, ele havia feito algo parecido na Flórida, durante o furacão Matthew, quando saiu sem camisa e também usou uma música do Slayer como trilha sonora.

 

O furacão Florence chegou na região costeira da Carolina do Sul e da Carolina do Norte na última quinta-feira, 13, e já deixou cinco mortos, segundo autoridades locais.

O furacão tocou terra nesta sexta de manhã perto de Wilmington, atingindo a costa com fortes ventos e chuvas torrenciais, com categoria 1, segundo o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC). Em um boletim especial, o órgão indicou que o fenômeno registra ventos de 150 km/h e se desloca a uma velocidades de 9 km/h.