Dia da Gastronomia Sustentável: veja dicas para aproveitar partes de alimentos

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

Data foi criada com o objetivo de destacar a importância do aproveitamento completo de alimentos, incluindo cascas, talos e sementes

Partes de alimentos como talo, folhas e casca podem ser aproveitados em pratos como sopas e caldos

Partes de alimentos como talo, folhas e casca podem ser aproveitados em pratos como sopas e caldos Foto: Freepik / @azerbaijan_stockers

O Dia da Gastronomia Sustentável, celebrado em 18 de junho, foi lançado em 2017 pela Organização das Nações Unidas (ONU) como uma forma de lembrar a importância de evitar o desperdício de alimentos, incentivando o aproveitamento completo dos mesmos. Apesar de muitas vezes serem descartados, cascas, talos, sementes e folhas podem ser utilizados na cozinha em diversas preparações.

Apesar das partes de comidas serem as mais descartadas, é comum que verduras ou frutas que já estejam muito maduras também acabem no lixo. Uma lista disponibilizada pela empresa WW Vigilantes do Peso aconselha que esses alimentos sejam aproveitados em saladas, ou usar as frutas em sobremesas com aveia em flocos ou granola.

É possível reaproveitar alimentos em sucos também, com diversas combinações: o talo de couve-flor vai bem com o suco de maracujá, e a cenoura mais madura com o de laranja, e são boas fontes de energia. Os talos de verduras em geral são ricos em fibras, e ajudam na saúde intestinal, podendo ser usados em sopas, cremes e suflês caseiros.

Ao invés de descartar as folhas de beterraba, cenoura e rabanete é possível usá-las refogadas em sopas ou saladas. As folhas de cenoura também podem ser usadas em sucos verdes ou no molho pesto. Em relação às sementes, a de abóbora pode ser torrada e temperada com ervas finas, sendo uma boa fonte de magnésio, zinco e fósforo.

VEJA TAMBÉM: Como aproveitar os alimentos ao máximo?

Evelson de Freitas/ESTADÃO
Ver Galeria 10

10 imagens

Já as cascas de frutas são muito usadas em sobremesas, em especial as de limão e laranja, com a recomendação de evitar raspar até a parte branca da casca, pois ela possui um sabor mais amargo. Elas também pode ser usadas para fazer chás e no cozimento de arroz ou quinoa, trazendo um sabor diferente para a refeição. Em todos os casos é recomendado que a casca seja higienizada corretamente antes do uso.

Além de utilizar partes ou alimentos inteiros que seriam jogados fora, a forma como armazenamos a comida também influencia na sua validade. Veja como prolongar a validade de alimentos clicando aqui

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais