Coronavírus: crianças se reúnem por webcam durante a quarentena para matar as saudades

Caio Nascimento* - O Estado de S.Paulo

'Estou ouvindo a casa cheia de vozes, músicas, gargalhadas e brincadeiras. Viva as crianças', comemora mãe

Crianças de 10 a 12 anos se reuniram por webcam para matar as saudades. 

Crianças de 10 a 12 anos se reuniram por webcam para matar as saudades.  Foto: Instagram / @desirreecassado

A quarentena traz a saudade do contato humano, inclusive entre as crianças acostumadas a passar parte do dia entre os coleguinhas na escola. Pensando nisso, alunos do 5º ano do ensino fundamental, entre 10 e 12 anos, se reuniram numa transmissão ao vivo por webcam para conversarem na última quinta-feira, 19.

Desirée Cassado, que foi uma das mães que deram a ideia, compartilhou o momento no Instagram e mostrou que a crise do coronavírus não é sinônimo de solidão e tristeza. "Isolados sim, sozinhos nunca. As mães guerreiras se mobilizaram. Aqui estou ouvindo a casa cheia de vozes, músicas, gargalhadas e brincadeiras. Viva o amor. Viva as crianças. E viva a tecnologia", escreveu na rede social. "Que alegria ver a alegria deles", afirmou a mãe Tais Perbellini

Cristina Mendes também comemorou o momento de união. "Foi uma manhã de muita alegria em casa também. Ver a felicidade da [minha filha] Malu falando com os amigos foi demais", comentou. Os 16 pequenos se encontraram virtualmente pelo aplicativo Zoom, com versões para computador e celular. Além dessas plataformas, é possível também se reunir por chamadas de vídeo do WhatsApp, Google Hangouts Meet, Jivo Chat e outros.

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

Veja a publicação na íntegra:

 

*Estagiário sob a supervisão de Charlise Morais