Conheça Fiona, a bebê hipopótamo de um zoológico dos Estados Unidos

Redação - O Estado de S.Paulo

Nascida prematura, ela precisa de cuidados intensivos e faz sucesso nas redes sociais

Os cuidadores contam que Fiona quase morreu por três vezes, mas que se recuperou de todas

Os cuidadores contam que Fiona quase morreu por três vezes, mas que se recuperou de todas Foto: Instagram @cincinnatizoo

Fiona é uma bebê hipopótamo que nasceu prematura, seis semanas antes do esperado. Com pouco mais de 13 quilos - o normal é sair da barriga da mãe com entre 55 e 120 quilos -, ela precisou ser cuidada por uma equipe de mais de 30 pessoas do Zoológico de Cincinnati, em Ohio, nos Estados Unidos. Hoje, imagens de seu dia a dia fazem sucesso nas redes sociais. 

Segundo informações do jornal The Cincinatti Enquirer, Fiona nasceu tão prematura que suas unhas eram gelatinosas. Para garantir que ela cresceria com vida, foi preciso deslocar uma equipe de 25 pessoas para uma assistência intensiva - o normal é alocar apenas dois cuidadores. 

Nas primeiras cinco semanas, uma funcionária precisou dormir com ela todas as noites - até hoje, Fiona precisa de 16 horas de sono. A hipopótamo fêmea também precisava ser mantida em um ambiente regulado a 36ºC, por não conseguir manter a temperatura corporal. 

Hoje, já mais crescida, Fiona dorme sozinha e se alimenta com uma mamadeira contendo um preparado de 2,85 litros. Ela adora nadar na piscina - imagens dela na água fazem sucesso nas redes. 

Seus cuidadores dizem que ela é teimosa, mas afetuosa e fofa. "Sou uma pessoa imune a animais, mas a primeira vez em que a vi, foi ridículo, eu tinha lágrimas nos olhos de tão fofa que ela era", diz Christina Gorsuch, curadora de mamíferos e chefe do 'Time Fiona', apelido dado ao grupo que cuida da hipopótamo fêmea.