Concertos de violão clássico gratuitos contam história da música espanhola

Camila Tuchlinski - O Estado de S.Paulo

Evento acontece na Unibes Cultural, em parceria com Instituto Cervantes e embaixada e consulado espanhóis

'Guitarrísimo', ciclo de concertos de violão clássico e guitarra espanhola que acontece na Unibes Cultural.

'Guitarrísimo', ciclo de concertos de violão clássico e guitarra espanhola que acontece na Unibes Cultural. Foto: PIxabay/@analogicus

A história e a importância do violão clássico para a cultura espanhola serão contatos através da música no evento Guitarrísimo, ciclo de concertos organizado em parceria com a Embaixada da Espanha em São Paulo, o Consulado Geral e o Instituto Cervantes, que começa nesta sexta-feira,5.

A proposta é aproximar o público brasileiro de alguns dos maiores instrumentistas das últimas décadas, como José Miguel Moreno, considerado pelos críticos como um dos principais do mundo em instrumentos de corda.

Também haverá apresentação de Marcos Martín, concertista com mais de 40 anos de carreira e professor do Conservatório Profissional de Música de Salamanca, e David Martinez Garcia, professor do Conservatório Superior de Música de Málaga e ganhador da Medalha de Prata dos Jovens Intérpretes da Juventude Musical de Granada.

Na programação, que reunirá algumas das melhores composições para o violão da Espanha e América Latina, o percurso histórico transitará pela vihuela, o violão barroco e o violão romântico até chegar ao violão contemporâneo.

O coordenador cultural do Consulado Geral da Espanha, Juan Lozano, avalia que, apesar da importante contribuição histórica do violão clássico, a presença do instrumento em concertos é rara. "Não é habitual que concertos de violão sejam programados em salas filarmônicas e concursos de violão clássico não são abundantes, além de composições para este instrumento também não serem muito numerosas. Por isso a importância de termos o ciclo Guitarrísimo", enfatiza.

O diretor executivo da Unibes Cultural, Bruno Assami, ressalta que esta é uma boa oportunidade para aproximar o público brasileiro da história musical da Espanha: "Acreditamos que o público brasileiro e as gerações com interesses musicais merecem uma abordagem direta com o que significa o violão, sua profunda razão cultural e histórica de ser".

O Guitarrísimo ainda terá duas apresentações no mês de outubro. Para participar gratuitamente, é preciso fazer uma inscrição prévia no site da Unibes Cultural.

Confira a programação completa.

Unibes Cultural: Rua Oscar Freire, 2.500, Sumaré, São Paulo.

5/10 - 20h30

O violão espanhol 1500 - 1700: vihuela e violão barroco, com José Miguel Moreno

O intérprete é considerado por unanimidade pelos críticos como um dos principais do mundo, tendo lançado inúmeros álbuns e atuado nos mais importantes festivais de música antiga da Europa e América.

21/10 - 17h

O violão clássico romântico: música de Fernando Sor y Dionisio Aguado, com Marcos Martín

Com mais de 40 anos de carreira, o concertista é professor do Conservatório Profissional de Música de Salamanca e, além da música clássica, romântica e contemporânea, trabalha com o repertório renascentista e barroco, com violões de onze e treze cordas.

27/10 - 19h

O violão espanhol e latino-americano da segunda metade do século 19 e do século 20, com David Martínez García

O intérprete iniciou seus estudos aos sete anos e possui as mais altas honras acadêmicas, entre elas, os Prêmios Extraordinários Graduação Elemental e Professional e a Medalha de Prata dos Jovens Intérpretes da Juventude Musical de Granada. Atualmente é professor do Conservatório Superior de Música de Málaga.