Comunidade transgênero ganha aplicativo de encontros no Reino Unido

Redação - O Estado de S.Paulo

Transdr foi pensado para ser um ambiente onde pessoas trans se sintam confortáveis para encontrar parceiros amorosos

Pessoas transgênero do Reino Unido poderão procurar parceiros sem sofrer preconceito

Pessoas transgênero do Reino Unido poderão procurar parceiros sem sofrer preconceito Foto: Pixabay/@severyanka

Um aplicativo de relacionamentos voltado para o público transgênero foi desenvolvido no Reino Unido como uma promessa de fornecer um ambiente para paqueras onde essa população se sinta confortável.

A ideia de desenvolver o Transdr surgiu após o Tinder, um dos principais aplicativos de relacionamentos, ser acusado de banir mulheres transgênero. O aplicativo nega veemente as acusações.

“As pessoas trans precisam superar um estigma social. Quando se trata de relacionamentos, é ainda mais difícil para elas, que precisam de um lugar confortável para conhecer e paquerar outras pessoas trans sem julgamentos. Foi por isso que criamos o Transdr, um Tinder alternativo para a comunidade trans”, disse Sean Kennedy, um dos fundadores do aplicativo, ao Independent.

Apesar de suas intenções, alguns internautas acusaram o aplicativo de transfobia por causa dos termos que usou para descrever pessoas transgênero em sua página principal.

Um responsável pelo Transdr disse que as palavras foram selecionadas com fins de otimizar os acessos ao aplicativo por meio de sites de busca como o Google. A equipe responsável pelo aplicativo afirmou que vai alterar os termos, mas que isso leva algum tempo.