Com promoção 'coma quanto puder', restaurante chinês entra em falência

redação - O Estado de S.Paulo

Objetivo era conquistar clientes fiéis e melhorar o posicionamento diante de outras empresas, mas pessoas aproveitaram demais

Promoção permitia comer o quanto pudesse em um mês por cerca de R$ 71.

Promoção permitia comer o quanto pudesse em um mês por cerca de R$ 71. Foto: Generation1988/Pixabay

Um restaurante na China faliu e teve de fechar as portas duas semanas após lançar uma promoção que teve grande adesão dos clientes. A proposta era a seguinte: coma o quanto puder por um mês e pague apenas US$ 19, cerca de R$ 71. O caso foi divulgado no Chengdu Economic Daily e publicado também no South China Morning Post.

O Jianmaner, estabelecimento localizado na cidade de Chengdu, fechou na última terça-feira, 12, depois de um aumento no número de pessoas que aderiram ao cartão-fidelidade, que era restrito ao consumo de uma espécie sopa.

Além disso, mais de uma pessoa usava o mesmo cartão, e o resultado foi uma dívida de quase R$ 300 mil para o restaurante.

"Nós sabíamos que estaríamos perdendo dinheiro [ao lançar a promoção]. Só queríamos acumular clientes fiéis com essa estratégia", disse um dos donos do local.

Ele também esperava ganhar uma posição mais forte diante de outras empresas. "Por exemplo, se eu tivesse muitos clientes e muitos deles tivessem que beber cerveja, então eu teria que importar muita cerveja", disse.

Na prática, o plano não funcionou. Nas duas semanas em que a promoção ficou disponível, o restaurante recebeu cerca de 500 clientes por dia. Alguns chegavam às 8 horas, sendo que o local abre às 11 horas, e formavam filas para pegar sua refeição.

Um dos donos do local, Su Jie, disse que nessas duas semanas "loucas" ele dormiu por duas ou três horas por noite e cada pessoa da equipe trabalhou mais de dez horas por dia.

Jie, que abriu o restaurante em dezembro com o amigo de faculdade Wang Mengfan confessou que "o comportamento incivilizado das pessoas foi secundário - o problema principal foi nossa gerência deficitária".

GALERIA: Os sushis mais bizarros que você já viu

Pixabay / @Chonow
Ver Galeria 11

11 imagens