Depois de 55 anos de união, casal morre no mesmo dia e da mesma doença

- O Estado de S.Paulo

Darci e Elma tinham 76 anos e não se separavam nem no trabalho

  

   Foto: Reprodução/RBS TV

Uma história de união e muito amor emocionou a cidade de Joinville, em Santa Catarina, na última semana. Depois de compartilhar a vida por 55 anos, Darci e Elma Schmaltz tiveram a mesma doença e morreram no mesmo dia, a algumas horas de diferença.

Os dois tiveram pneumonia e foram internados na última terça-feira, 3. "Quando chegamos lá [no hospital], vimos o meu pai, já estava entubado. Em seguida tocou o telefone, avisando que estavam levando a mãe também. Aí a gente se desesperou", disse a filha Lurdes Schmaltz à RBS TV. O casal morreu na quinta-feira, 5.

Eles tiveram cinco filhos, oito netos e cinco bisnetos. Tinham uma sorveteria e trabalhavam juntos, por isso quase não se separavam. Segundo o neto, Márcio Schmaltz, entrevistado pela RBS TV, estavam sempre alegres. 

A família lamentou a morte do casal, mas a filha Lurdes ponderou que o fato de os dois estarem juntos ajuda a aceitar a perda. "É triste, mas eu fico feliz, porque os dois foram juntos. Não vão ficar um perguntando pelo outro. Um sofrendo pela ausência do outro. Fico feliz pelos dois estarem indo juntos."