Cobra de duas cabeças é encontrada em quintal de casa dos EUA

Dana Hedgpeth - Washington Post

Cobras desse tipo são venenosas e extremamente raras

Cobra de duas cabeças foi encontrada em quintal de casa nos EUA. 

Cobra de duas cabeças foi encontrada em quintal de casa nos EUA.  Foto: Facebook/wildlifecenter

Imagine tentar comer se você tivesse duas cabeças e duas bocas para alimentar um corpo. Esse é o dilema de uma cobra de duas cabeças encontrada recentemente em um quintal em Woodbridge, na Virgínia, Estados Unidos. A cobra foi encontrada uma semana atrás, e fotos dela foram publicadas no Facebook de um especialista em vida selvagem.

Essas cobras de duas-cabeça são "excepcionalmente raras", principalmente porque elas não vivem muito tempo, JD Kleopfer, um herpetólogo, disse no Facebook. A cobra foi capturada e levada a um centro especializado em criação de cobras, disseram as autoridades.

Víboras são venenosas. Mas herpetólogos usaram a chance para analisar e observar a descoberta rara. Um vídeo mostra ela deslizando em cima de uma rocha. Em seu post no Facebook, Kleopfer disse que a cabeça direita tinha uma garganta mais desenvolvida para comer. O lado esquerdo, disseram especialistas em herpetologia, é "mais ativo e receptivo aos estímulos".

Depois de fazer radiografias, os especialistas descobriram que a cobra de duas cabeças tem vários outros recursos exclusivos. A cobra tem duas cabeças, mas um coração e um par de pulmões. "Baseado na anatomia, seria melhor para a cabeça da direita comer, mas pode ser um desafio, já que a cabeça esquerda parece ser mais dominante", disseram especialistas do Wildlife Center da Virgínia em uma nota enviada à imprensa.

Kleopfer disse que as autoridades esperam que a cobra rara seja doada a um zoológico e colocada em exibição. Rich Perry, que dirige uma empresa de remoção de animais selvagens - Virginia Wildlife Management and Control - disse que ajudou a identificar a cobra. Perry disse que a mulher encontrou a cobra no jardim da frente perto de um arbusto e "não tinha ideia do que era".

"Ela estava com medo que fugisse e picasse crianças e animais", Perry disse. Ela pegou a cobra com uma caixa de plástico, de acordo com Perry, tirou uma foto e postou em seu grupo de serviço de lista de vizinhança, perguntando se alguém poderia identificá-la.

Alguém do grupo viu a foto e a enviou para Perry, que administra uma linha telefônica de atendimento 24 horas que ajuda a identificar as cobras. Quando ele viu, Perry disse, ele sabia que era uma víbora venenosa. "Foi absolutamente incrível", disse Perry.

Ele disse que lida com "centenas de cobras a cada ano" durante seus 40 anos no negócio de remoção de animais selvagens, mas nunca viu nada como isso. "Foi uma coisa casual. Apenas uma aberração da natureza", disse Perry. O proprietário não queria ser identificado, de acordo com Perry. Na segunda-feira, Perry disse que pelo menos seis pessoas, incluindo o dono de um museu particular, disseram que pagariam pela cobra de duas cabeças porque é muito raro. Um problema para as cobras de duas cabeças: elas lutam.

Gordon Burghardt, um herpetólogo da Universidade do Tennessee, disse à National Geographic que as cobras de duas cabeças muitas vezes brigam sobre qual cabeça engole a presa. Comer pode levar tempo para a cobra e especialistas dizem que isso as deixa vulneráveis a predadores.