Cenoura cresce dentro de anel perdido há 13 anos em horta

Redação - O Estado de S.Paulo

Mary Grams perdeu seu anel de noivado no jardim de sua fazenda em 2004 e, nesta semana, ela o encontrou preso em uma cenoura que colheu

Um anel de noivado perdido há mais de dez anos foi encontrado de maneira inusitada. Imagem ilustrativa.

Um anel de noivado perdido há mais de dez anos foi encontrado de maneira inusitada. Imagem ilustrativa. Foto: Pixabay/Creative Commons

Em setembro de 2004, a canadense Mary Grams, de 84 anos, perdeu seu anel de noivado no jardim de sua fazenda - e pensou que nunca mais o encontraria. Porém, nesta semana, ela o encontrou de uma forma bastante inusitada.

Ela colheu uma cenoura do quintal e, para sua surpresa, lá estava o anel, circundando a cenoura. "Eu reconheci [o anel] assim que o vi", disse Mary à CBC.

Mary contou que perdeu o anel enquanto colhia uma erva da horta de sua fazenda em Armena, no Estado de Alberta. "Nós olhamos para cima e para baixo, nas nossas mãos e ficamos de joelhos, e não conseguimos encontrar. Eu imaginei que ele tivesse rolado para longe ou que algo aconteceu com o anel", relembra ela.

A mulher tinha o anel desde 1951, um ano antes de se casar com Norman, que morreu há cinco anos. Após tê-lo perdido, Mary rapidamente comprou outro anel igual. "Eu não contei para ele até porque eu pensei que ele ficaria chateado ou algo assim", conta.

Agora, ela vive em Camrose, mas continua visitando a fazenda. "Eu me senti aliviada e feliz. Cresceu em volta da cenoura! Eu ainda não consigo entender como isso aconteceu", comentou Mary ao Calgary Herald.