Campanha do Ministério do Trabalho para Dia da Mulher não sai como o esperado

Redação - O Estado de S.Paulo

Em resposta à pergunta 'O que é ser trabalhadora para você?', usuárias denunciaram machismo no mercado de trabalho

Mulheres relataram experiências vividas em seus empregos (imagem ilustrativa)

Mulheres relataram experiências vividas em seus empregos (imagem ilustrativa) Foto: Pixabay / @089photoshootings

No dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. O que era para ser uma campanha do Ministério do Trabalho para celebrar a data, acabou se tornando um meio pelo qual muitas usuárias denunciaram o machismo no mundo do trabalho.

“O mês da mulher chegou e o Ministério do Trabalho quer te ouvir. O que é ser trabalhadora para você?”, lê-se na postagem. Algumas respostas seriam selecionadas e compartilhadas na rede social do ministério, como o exemplo dado: “Ser trabalhadora é ir em busca de seus sonhos, superar obstáculos, vencer limites”.

Porém, diferentemente do caso exemplificado, a maior parte dos comentários na publicação foi de mulheres denunciando situações machistas pelas quais passaram em entrevistas de emprego e também em seus trabalhos.

Confira algumas: