Campanha da Prefeitura gera polêmica sobre assédio no carnaval

- O Estado de S.Paulo

Depois de críticas a post com o meme 'já acabou, Jéssica?', órgão pediu desculpas

Bloco de carnaval no centro do Rio de Janeiro no sábado, 19 

Bloco de carnaval no centro do Rio de Janeiro no sábado, 19  Foto: FABIO MOTTA/ESTADAO

Um post da campanha Existe Folia em SP, da Prefeitura de São Paulo, causou polêmica no Facebook na tarde de quarta-feira, 22. A publicação faz referência ao meme 'Já acabou, Jéssica?', em que duas garotas brigam e uma delas 'dá a volta por cima' depois de ser agredida.

A Prefeitura descreve na ilustração que "Briga estraga a folia. Agora é paz, amor e carnaval!". No entanto, o texto do post incomodou muita gente: "Bater de frente não tem que ser só tiro, porrada e bomba. O negócio é deixar pra lá e sambar na cara da sociedade, porque briga no carnaval não está com nada. Aproveite para marcar a sua amiga "Jéssica" e avisar que agora é só paz, amor e folia!", escreveu o órgão nas redes sociais. Muitas das críticas ao post defendiam que, em caso de assédio ou violência, as 'Jéssicas' não devem ficar caladas, mas sim lutar pelos seus direitos.

Veja o post e os comentários:

Depois da polêmica, a Prefeitura fez um novo post no Facebook, pedindo desculpas e afirmando que "repudia qualquer atitude de assédio, agressão ou violência e incentiva as vítimas a não se calarem." Veja o post completo:

Procurada pelo E+, a Prefeitura esclareceu, via assessoria de imprensa, que "houve um equívoco na postagem. A página já foi corrigida."