Cães conseguem perceber quando outro cachorro está ficando cego

Redação - O Estado de S.Paulo

Segundo veterinários, os animais entendem o momento certo de cuidar do companheiro, agora debilitado

Cães, também melhores amigos entre si, tornam-se cães-guias de seus companheiros quando os percebem cegos, surdos ou com alguma deficiência. 

Cães, também melhores amigos entre si, tornam-se cães-guias de seus companheiros quando os percebem cegos, surdos ou com alguma deficiência.  Foto: Pixabay

Que o cão é o melhor amigo do homem, a gente já sabe. O que se tem percebido, agora, é que os cães se entendem a ponto de um perceber quando o outro está ficando cego. Na prática, eles viram cães-guias uns dos outros, sempre que necessário.

Ao The Dodo, portal de informçãoes sobre a relação homem-aniaml, a veterinária americana Erika Loftin disse que a percepção decorre da observação afiada, capacidade característica dos cachorros. "A forma como os cães se interagem permite que compreendam se há algo diferente com o companheiro. Eles têm o senso para perceber se o outro animal está vulnerável", conta Erika. 

Mesmo com facilidade de se adaptar, o dia a dia dos cães que desenvolvem alguma deficiência pode ser melhor quando um companheiro o acompanha. E foi exatamente o que aconteceu entre  Hoshi e Zen. Hoshi desenvolveu glaucoma e perdeu a visão. Desde então, Zed o acompanha por todos os lados. 

 

Segundo a veterinária de Michigan (EUA), Gwen Sila, quando um cachorro fica cego ele assume uma característico mais "grudenta". Assim que outro cão percebe isso, ele assume um comportamento diferente, como se fosse um protetor do cachorro debilitado. 

Desde que Kiaya começou a perder a visão, Cass anda ao lado dele à frente das escadas e, no jardim, se posiciona próximo ao lado cego. Segundo a dona, Jessica VanHusen, a relação de apoio entre os cães não foi estimulada, simplesmente aconteceu.