Cadela recusa adoção sem que seu amigo seja adotado também

- O Estado de S.Paulo

Sully e Lucy eram inseparáveis no abrigo e não poderiam ser separados ao sair de lá

Os dois eram tão amigos que não puderam ser separados na hora da adoção. 

Os dois eram tão amigos que não puderam ser separados na hora da adoção.  Foto: Imgur.com

A amizade entre os animais é algo incrível, e a americana Alaina Brinton presenciou isso de perto. Alaina perdeu seu antigo cachorro e queria adotar um novo, então começou sua busca em sites de abrigos. A história foi contada no fórum Reddit.

Ela contou que, ao ver a foto da cadelinha Lucy, se apaixonou instantaneamente e ligou no abrigo para falar de seu interesse. Porém, na ligação, foi informada de que não conseguiria adotar apenas Lucy.

Ao chegar no abrigo, Alaina descobriu o motivo: Lucy havia virado uma espécie de 'irmã mais velha' para Sully, um cachorro recém-chegado ao local, e os dois tinham se tornado uma dupla inseparável.

Por sorte, ao ver os dois juntos, Alaina decidiu que não teria problema em adotar mais um cachorro. "Eu me apaixonei no mesmo momento. Além disso, era óbvio que Sully estava olhando para Lucy para mostrar a ele que as coisas não estavam bem, e eu não tive coragem de separá-los", disse ela ao The Dodo.

Ela então adotou os dois, e vive feliz com Sully e Lucy em Kentucky, nos EUA, há sete anos. Os animais continuam inseparáveis.