Britânica que ganhou prêmio aos 17 anos quer processar loteria por 'arruinar sua vida'

- O Estado de S. Paulo

Jane Park recebeu 1 milhão de euros na Euromillions; aos 21 anos, ela afirma que a empresa não deveria ter repassado o valor

Jane Park: "Não há ninguém no mesmo barco que eu, ninguém me entende. Sinto-me como uma mulher de 40 anos".

Jane Park: "Não há ninguém no mesmo barco que eu, ninguém me entende. Sinto-me como uma mulher de 40 anos". Foto: Reprodução/Twitter @@janeparkx

A jovem Jane Park conseguiu algo improvável: aos 17 anos, ganhou 1 milhão de euros no primeiro bilhete adquirido na Euromillions, a loteria britânica. No entanto, hoje, aos 21 anos, ela afirma que o prêmio "arruinou a sua vida" e pretende processar a empresa por conceder o valor a menores de 18 anos - atualmente, a idade mínima é 16 anos.

Em entrevista ao The Mirror, Jane afirmou que o valor, em vez de deixar sua vida 10 vezes melhor, "deixou 10 vezes pior". Ela revelou que está "cansada de comprar produtos de designers famosos", "lutando para encontrar um namorado que não a queira apenas pelo dinheiro" e que vive "sobrecarregada pelo estresse de ser milionária". 

A jovem afirmou que preferiria não ter ganhado o dinheiro e que, apesar dos bens materiais, sua vida está vazia. "Minha vida seria muito mais fácil se eu não tivesse ganhado. As pessoas olham para mim e pensam: 'eu gostaria de ter a vida e o dinheiro dela'. Mas elas não percebem o tamanho do meu estresse", declarou. 

Antes de tornar-se milionária, Jane trabalhava meio turno em um restaurante e faturava 8 euros por hora. Quatro anos depois, após fazer um implante de silicone, adquirir um Range Rover e duas propriedades e comprar várias roupas e acessórios de marca, ela diz que o dinheiro não mudou sua vida. 

A jovem teve um relacionamento de 18 meses que não terminou bem, apesar de "ter comprado um Rolex e um carro para ele". "Eu achei que isso deixaria ele feliz", declarou.

Hoje, ela voltou a morar com a mãe, que lava suas roupas. "Não há ninguém no mesmo barco que eu, ninguém me entende. Sinto-me como uma mulher de 40 anos". Apesar dos incômodos e das reclamações, quando perguntada pelo The Mirror se enão prefere doar todos os seus bens para livrar-se do peso, Jane nem hesita: "O quê? Não!". 

A empresa responsável pelo prêmio afirmou ao The Mirror que quem define a idade mínima de 18 anos para receber o valor é o Parlamento britânico.