Briga por causa de selfie de turistas acaba em agressão na Itália

Redação - O Estado de S.Paulo

Autoridades precisaram intervir em episódio ocorrido na Fontana di Trevi, em Roma

Turistas jogam milhares de moedas todos os anos na Fontana di Trevi, em Roma. 

Turistas jogam milhares de moedas todos os anos na Fontana di Trevi, em Roma.  Foto: Alessandro Bianchi/REUTERS

Duas mulheres brigaram na noite de quarta-feira, 9, enquanto competiam pelo melhor ângulo para uma selfie na Fontana di Trevi, um dos pontos turísticos mais famosos de Roma. Embora seja um ponto disputado para fotos, ninguém esperava que a busca por um espaço pudesse terminar em caso de polícia.

De acordo com o jornal italiano La Repubblica, o desentendimento começou com uma discussão, mas se transformou em luta física envolvendo oito pessoas, incluindo membros da família de cada uma delas. Dois policiais interferiram, mas o tumulto continuou e foi necessário chamar o reforço de mais dois guardas para conter o tumulto. Os envolvidos alegaram ter sofrido hematomas.

A fonte é conhecida internacionalmente por ser um local em que as pessoas fazem pedidos jogando moedas na água. A tradição já arrecadou mais de 1,4 milhão de euros, que foram doados a instituições de caridade.

Em 2017, a prefeitura de Roma começou a impor multas de até 240 euros (cerca de R$ 1.060) às pessoas que forem pegas mergulhando nas águas, molhando os pés e comendo ou acampando nos pedestais do ponto turístico.