Bebê de três anos vende pinturas por até 3 mil dólares

Redação - O Estado de S.Paulo

Criança norte-americana tem problemas com fala em virtude da diabete, diagnosticada aos dois anos de idade

Bebê começou a pintar após encontrar em casa as tintas da mãe 

Bebê começou a pintar após encontrar em casa as tintas da mãe  Foto: Kboom831/Pixabay

Um bebê de três anos da cidade de Salem, no Estado norte-americano de Oregon, está chamando a atenção dos meios de comunicação dos Estados Unidos por suas obras de arte. As pinturas abstratas da criança, à venda na internet, custam de 30 a 3 mil dólares. 

Segundo a rede de televisão Fox, o pequeno Ocean Scott tem atraso para começar a falar em decorrência da diabete tipo 1 que desenvolveu aos dois anos de idade.

Apesar de ainda não conseguir usar as palavras, ele se comunica pelas telas. 

Após o diagnóstico de diabete, Ocean precisa receber seis injeções por dia e cuidado redobrado. O pequeno pouco a pouco passou a ter as habilidades da fala reduzidas. Um dia, no entanto, ele passou a brincar com as tintas da mãe, April Sandvig, que também pinta. 

April decidiu dar ao filho uma tela e um pincel. A partir de então, Ocean passou a pintar, inclusive usando carrinhos para além do pincel. "O estilo dele é único. Cada tela é muito diferente da outra", diz a mãe à Fox. "Gosto disso porque é o tempo dele e a atividade dele. É como se ele sentisse que precisasse fazer isso", acrescentou. 

Com o valor das telas, April quer adquirir um cachorro capaz de alertar quando Ocean está com glicemia fora dos padrões. Ela também doa parte das receitas para uma ONG que ajuda crianças com diabete.