Barbie de Frida Kahlo provoca disputa entre família da artista e fabricante do brinquedo

Jean Arce e Joshua Berger - AFP

Mara Romeo afirma que a boneca tem olhos claros e, portanto, não se parece com sua tia; também não representa a força e a rebeldia da artista

Barbie Frida Kahlo

Barbie Frida Kahlo Foto: Mattel/Divulgação

Atualizada em 15 de março

Uma disputa surgiu depois que a fabricante de brinquedos Mattel lançou uma boneca Barbie com a imagem da famosa pintora mexicana Frida Kahlo. Tanto a família quanto a empresa dos EUA afirmam ser proprietárias da imagem da artista.

A Mattel apresentou na quarta-feira, 7, em Nova York, na véspera do Dia Internacional da Mulher, uma coleção de bonecas apelidadas de "Mulheres que inspiram".

A série inclui bonecas com a imagem de Kahlo; a piloto americana Amelia Earhart, a primeira mulher a voar sobre o Atlântico sozinha; e a matemática afro-americana Katherine Johnson, importante colaboradora das missões espaciais da NASA.

Mas a família da artista emitiu horas mais tarde uma "declaração oficial", na qual avisou que tomará medidas contra a Mattel por ter usado a imagem de Kahlo sem autorização.

"Nós vemos a necessidade urgente de tomar as medidas necessárias para proteger os direitos de propriedade intelectual que nos ajudam na imagem de Frida Kahlo", disse a família a partir de uma conta verificada no Twitter.

O documento afirma que Mara Romeo, sobrinha de Kahlo, é "a única proprietária dos direitos à imagem" da pintora e é a única pessoa que pode autorizar o uso.

"Nós não conhecemos a origem legal do projeto desenvolvido pela empresa Mattel com uma boneca que representa claramente a imagem da pintora Frida Kahlo", acrescentou a família na declaração.

Romeo disse à AFP que o problema vai além de uma disputa sobre direitos de imagem.

"Eu gostaria que a boneca tivesse mais dos traços de Frida, ou seja, não pode ser uma boneca com olhos claros. Deveria ser uma boneca que representa tudo o que minha tia representava: a força ... que representa o México, que seja uma Frida, uma bandeira do que é o México ", disse ela.

           

A mexicana Mara Romeo é sobrinha da pintora Frida Kahlo

A mexicana Mara Romeo é sobrinha da pintora Frida Kahlo Foto: Yuri Cortez/ AFP

Embora a coleção incorpore mulheres bem conhecidas, as bonecas mantêm o físico clássico e irreal da Barbie.

Kahlo era uma mulher baixa, cuja saúde física foi atingida pela pólio e por um grave acidente de trânsito em sua juventude que a manteve acamada por um longo tempo.

Por sua vez, Frida Kahlo Corporation, que afirma ter o direito ao nome e identidade da pintora, disse na quinta-feira, 8, que a Mattel trabalhou "em estreita colaboração" com eles para a criação da boneca.

O advogado de Mara Romeo, Pablo Sangri, disse à AFP que a família fundou a Frida Kahlo Corporation em 2005 em parceria com outra empresa chamada Casablanca Distributors.

No entanto, esta última violou o contrato ao não cumprir o dever de informar aos familiares de Kahlo sobre os usos de sua imagem, de acordo com o advogado.

A imagem de Kahlo e suas sobrancelhas inconfundíveis, que desafiaram convenções, tornou-se um ícone popular, reproduzido nos últimos anos em uma miríade de produtos, como sapatos, bolsas, cadernos, entre muitos outros.

Kahlo (1907-1954) foi a esposa do muralista mexicano Diego Rivera e é considerada um das maiores pintoras do século 20 por seus auto-retratos comoventes e íntimos, onde muitas vezes refletiu sua própria dor e isolamento.

Após a publicação da reportagem, a Mattel enviou seu posicionamento:

"A boneca Barbie visa honrar o enorme legado e a história de Frida Kahlo. A Mattel obteve a respectiva permissão e trabalhou ativamente em parceria com a Frida Kahlo Corporation, a qual é titular de todos os direitos relacionados à Frida Kahlo, para criar essa boneca."