Após foto viralizar, menino que estudava enquanto vendia inhame recebe recursos para sua educação

- O Estado de S.Paulo

Garoto foi fotografado em Abuja, na Nigéria; homem que tirou a foto conseguiu mobilizar doadores

Menino foi fotografado lendo enquanto vendia inhame na Nigéria

Menino foi fotografado lendo enquanto vendia inhame na Nigéria Foto: Reprodução/Facebook

Um menino que foi fotografado estudando enquanto vendia inhame em uma feira na Nigéria mobilizou o país e deve ganhar patrocínio para a sua educação. O homem que publicou a foto originalmente nas redes sociais, Blissfield Ayo, conseguiu reencontrar o garoto nesta terça-feira, 8.

O pequeno foi clicado na estrada do aeroporto de Abuja, capital do país, em 15 de outubro. Na ocasião, o nigeriano Ayo postou a imagem no Facebook, dizendo que encontrou o menino lendo "bastante concentrado", em meio a uma ponte barulhenta. "O desejo por educação é grande na África, mas o ambiente propício não está aqui. Eu aposto que, com esse interesse na leitura, esse garoto seria bem educado nos Estados Unidos ou na Europa", escreveu o usuário, criticando os políticos da Nigéria.

De acordo com postagem no Facebook, após a imagem viralizar e interessados oferecerem patrocínio ao garoto, Ayo conseguiu reencontrá-lo. Nesta terça-feira, 8, ele foi até o local onde tirou a foto e, com a imagem nas mãos, conseguiu achar a mãe do garoto. "Primeiro, ela queria negar porque pensava que o filho tinha feito algo ruim, mas, depois que eu dei a notícia, ela começou a chorar e agradecer a Deus, que, finalmente, tinha respondido a suas orações", publicou em resposta a um usuário da rede social.

Blissfield Ayo informou ainda que já agendou uma reunião nesta terça com a família do menino e com as pessoas que o procuraram para fazer a doação.