Após atentado, restaurante oferece refeições grátis em Manchester

Redação - O Estado de S. Paulo

População da cidade demonstrou solidariedade com vítimas da explosão no show de Ariana Grande

Pessoas fizeram homenagens a vítimas do atentado no Etihad Stadium, em Manchester

Pessoas fizeram homenagens a vítimas do atentado no Etihad Stadium, em Manchester Foto: Emilio Morenatti/AP

O atentado durante o show da cantora Ariana Grande em Manchester, na Inglaterra, segue sensibilizando a população da cidade. O Bukhara, restaurante próximo ao estádio onde houve a explosão, anunciou que vai oferecer refeições grátis para os profissionais, parentes e voluntários que estiverem no local.

“Nós gostaríamos de oferecer a todos os trabalhadores de emergência, repórteres que estão cobrindo a história e famílias atingidas durante o horrível ataque da última noite, uma refeição grátis pronta para levar”, divulgou o restaurante em sua página oficial.

Desde o atentado, que deixou 22 mortos e 59 feridos, os moradores da cidade inglesa têm demonstrado solidariedade às vítimas e seus familiares. Usando a hashtag #RoomForManchester, pessoas ofereceram quartos e motoristas de táxi deram corridas grátis para quem precisasse chegar em casa.

O prefeito de Manchester, Andy Burnham, agradeceu o apoio da população. “A generosidade de todas as formas é a melhor resposta. Porque é isso que os terroristas querem: que as pessoas não vão trabalhar, que não estejam juntas. Mas nós fizemos o contrário. Os terroristas nunca nos atingirão”, disse em entrevista coletiva nesta terça-feira, 23.