Animais adestrados recepcionam viajantes em aeroporto dos EUA

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

‘Patrulha do abano’, grupo formado por cachorros e uma porca, tem o objetivo de tornar a viagem dos passageiros mais agradável e diminuir o estresse

A 'patrulha do abano' possui uma conta no Instagram em que são publicados vários registros dos membros

A 'patrulha do abano' possui uma conta no Instagram em que são publicados vários registros dos membros Foto: Instagram / @sfowagbrigade

Um aeroporto pode não ser o ambiente mais calmo do mundo, com pessoas com medo de viajar de avião, aqueles que estão irritados com o atraso de voos ou com pressa andando pelo local. Para acalmar esse público e tornar a experiência no ambiente mais agradável, o Aeroporto Internacional de São Francisco criou uma “patrulha do abano”.

Com o nome de Wag Brigade, o grupo foi criado em 2013, e atualmente conta com 22 membros, com cachorros de diversas raças e a porca LiLou. O nome faz referência a um rabo abanando, algo feito por cães que, geralmente, querem brincar ou estão se divertindo. Todos são adestrados, e circulam pelos terminais do aeroporto usando coletes com os dizeres “faça carinho em mim”.

Os animais são treinados pela Sociedade de São Francisco para a Prevenção de Crueldade com Animais, a partir de um programa chamado Terapia Assistida por Animais. Os animais escolhidos possuem temperamento mais calmo, e são apropriados para o ambiente de um aeroporto. 

O time possui uma conta no Instagram, e em uma página no site do aeroporto é possível ver o nome e conhecer um pouco mais de cada um deles. Benga!, por exemplo, é uma peekapoo hipoalergênica, enquanto Tristan é um buldogue francês que passou a usar uma cadeira de rodas após um acidente. 

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais